Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6934
Título: Formação continuada dos professores de educação física: avaliando uma experiência formativa
Autor(es): SILVA, B. V.
Orientador: FIGUEIREDO, Z. C. C.
Data do documento: 15-Dez-2017
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: SILVA, B. V., Formação continuada dos professores de educação física: avaliando uma experiência formativa
Resumo: A pesquisa visa a avaliar uma experiência de formação continuada dos professores de Educação Física do ensino fundamental, desenvolvida na Rede Municipal de Ensino de Cariacica-ES no ano de 2015, mediada pelo pesquisador, professor da referida instituição, bem como subsidiada pelos princípios da reconstrução coletiva e colaborativa. A realização desta experiência foi motivada pelo desejo de promover uma formação continuada em que as demandas e necessidades referentes ao cotidiano docente fossem ouvidas e discutidas, e os participantes, de modo coletivo e colaborativo, contribuíssem com o processo, reconstruindo as propostas no decorrer dos encontros, valorizando o seu saber-fazer. Nessa dinâmica, o professor/mediador promovia encontros elencados pelos demais professores, destarte esses também foram corresponsáveis pelo desenvolvimento, contribuindo para repensar a formação. O debate teórico, que dá suporte à pesquisa em voga, foi aprofundado a partir da elaboração de um mapa conceitual no qual se apresenta uma amálgama de conceitos que emergem e se imbricam em torno da formação continuada, a saber: perspectiva crítica em contraposição aos pensamentos racionais/tecnicistas; epistemologia da prática; saberes docentes; e movimento da profissionalização. O trabalho analisa as políticas públicas no que tange à seara, seus conceitos e sua importância, bem como debate os marcos legais nacionais e do referido município. O estudo é qualitativo, interpretativo e os procedimentos de maior aproximação do campo foram a observação participante. Também foram utilizadas entrevistas semiestruturadas e diário de campo. Por meio da avaliação, buscou-se o entendimento docente do que foi projetado na referida experiência. De modo geral, os educadores participantes afirmam que se viram na condução da formação continuada, ou seja, essa formação pareceu configurar autoria e protagonismo aos professores. Além disso, foram identificadas dissonâncias no decorrer desse processo formativo, que apontam condicionantes difíceis de serem superadas, como a própria legislação educacional, condições de trabalho, bem como o fato de depender de um querer do professorado.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6934
Aparece nas coleções:PPGEF - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_11615_Disserta__o BRUNO VASCONCELLOS.pdf1.7 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.