Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6948
Título: Variação funcional em espécies de Rubiaceae em um gradiente ambiental na Floresta Atlântica
Autor(es): Leite, Filipe Torres
Orientador: Carrijo, Tatiana Tavares
Coorientador: Garbin, Mário Luís
Cavatte, Paulo Cezar
Palavras-chave: Coexistência
Enxames
Fotossíntese
Tolerância à sombra
Coexistence
Photosynthesis
Shade tolerance
Swarms
Data do documento: 1-Set-2017
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: A coexistência de espécies relacionadas é um importante componente para o entendimento da diversidade e distribuição de plantas em florestas tropicais. Entre os fatores que influenciam na coexistência e distribuição de plantas, a luz se destaca por exercer forte influência na sobrevivência, crescimento e distribuição de espécies vegetais. Para avaliar os efeitos do gradiente de luz sobre uma comunidade de Rubiaceae que apresenta distribuição gregária, foi realizado o levantamento de indivíduos organizados de forma gregária, ao longo de um gradiente topográfico (dividido em baixada, relevo inclinado e topo de morro) e de luz. Dez atributos relacionados à luz foram avaliados em 85 indivíduos pertencentes a nove espécies de Rubiaceae. Os baixos valores das taxas de fotossíntese líquida, respiração no escuro, ponto de compensação e saturação encontrados evidenciam a condição de alta tolerância à sombra das espécies avaliadas. A baixa amplitude de variação dos atributos relacionados à luz se deve, possivelmente, à pouca possibilidade de expressão de estratégias fotossintéticas variadas para sobrevivência em um ambiente de sombra.
The coexistence of related species is an important component for the understanding of plant diversity and distribution in tropical forests. Among the factors that influence the plant coexistence and distribution, light stands out because it exerts a strong influence on the survival, growth and distribution of plant species. In order to evaluate the effects of the light gradient on a Rubiaceae community with an aggregated distribution, a survey of individuals organized in an aggregated way was carried out along a topographical gradient (divided in valley, slope and ridge) and of light. Ten traits related to light were evaluated in 85 individuals belonging to nine species of Rubiaceae. The low range of photosynthetic rates, dark respiration, light compensation and light saturation point found evidenced the condition of tolerance to the shade of the evaluated species.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6948
Aparece nas coleções:PPGGM - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_11368_Disserta__o Final FilipeTorres Leite.pdf2.01 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.