Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7113
Título: AUTÊNTICAÇÃO de Ginseng Brasileiro Utilizando a Técnica de High Resolution Melting (hrm)
Autor(es): ALMEIDA, F. A. N.
Orientador: PANETO, G. G.
Palavras-chave: Pfaffia
Identificação
Planta medicinal
Adulteração
Data do documento: 20-Fev-2018
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: ALMEIDA, F. A. N., AUTÊNTICAÇÃO de Ginseng Brasileiro Utilizando a Técnica de High Resolution Melting (hrm)
Resumo: À medida que a indústria de plantas medicinais cresce, a autenticidade de seus produtos é uma questão de segurança do consumidor e não pode ser negligenciada. O Ginseng brasileiro, por exemplo, se refere a duas espécies distintas, Pfaffia glomerata e Hebanthe eriantha. Apesar da similaridade entre essas duas espécies, o que dificulta a identificação morfológica, elas possuem propriedades químicas e farmacológicas distintas. Foi proposto que a técnica de High Resolution Melting (HRM) como uma ferramenta para discriminar e identificar as espécies P. glomerata e H. eriantha utilizando uma região do gene matK e rbcL. Para tal, foram adquiridas seis amostras referência, três de cada uma das espécies citadas, e 60 amostras comerciais, vendidas como Ginseng brasileiro, por meio de compra física ou online. O DNA foi extraído pelos métodos CTAB e por Kit. Os primers desenhados foram testados através da amplificação por PCR convencional e confirmado em gel de poliacrilamida antes da padronização da amplificação por PCR-HRM e por fim os resultados foram comparados aos de sequenciamento. Foram desenvolvidos três primers dois para o gene matK, HRM-matKD e HRM-matK, e um para o gene rbcL, HRM-rbcL. Durante a padronização notou-se a influência da temperatura de anelamento e concentração do primer no resultado da corrida, entretanto o método de extração não alterou os resultados. A análise de HRM mostrou que o primer HRM-matKD foi o que atendeu ao objetivo proposto apresentando alta sensibilidade (92-93%) e especificidade (100%) comparado ao método de sequenciamento. Foi possível validar a técnica de HRM utilizando amostras comerciais previamente sequenciadas, o que nos permite afirmar que a técnica de HRM pode ser utilizada para discriminar H. eriantha e P. glomerata. HRM é um método rápido e de baixo custo, sendo uma ferramenta confiável para identificação de espécies de Ginseng brasileiro.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7113
Aparece nas coleções:PPGBIO - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_12002_Dissertação_Francine Alves Nogueira de Almeida.pdf
  Restricted Access
1.96 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir    Solictar uma cópia


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.