Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7115
Título: META-ANÁLISE e Estudo de Associação na Busca de Biomarcadores de Diagnóstico nos Genes Cd2ap e Ms4a4e para a Doença de Alzheimer
Autor(es): ALMEIDA, J. F. F.
Orientador: PAULA, F.
Palavras-chave: Doença de Alzheimer Esporádica
rs670139
rs9349407
Data do documento: 26-Fev-2018
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: ALMEIDA, J. F. F., META-ANÁLISE e Estudo de Associação na Busca de Biomarcadores de Diagnóstico nos Genes Cd2ap e Ms4a4e para a Doença de Alzheimer
Resumo: A doença de Alzheimer (DA) é um dos tipos mais comuns de demência. Possui alterações patológicas como placas amilóides e emaranhados de neurofibrilas. A forma esporádica (DAE) representa 98% dos casos da doença de Alzheimer e apresenta etiologia multifatorial. A variante rs670139 do gene MS4A4E e rs9349407 do gene CD2AP foram consideradas, em estudos de Genome wide association studies, como associadas ao risco na DAE. O diagnóstico clínico da DA é difícil e apenas possível quando a doença já está em estágios avançados, sendo assim, estudos buscam encontrar biomarcadores para auxiliar no diagnóstico da doença em estágios precoces. Com isso, nos últimos anos, foram publicados vários estudos caso-controle investigando a associação de rs670139 do gene MS4A4E e rs9349407 do gene CD2AP com DAE em outras populações. Assim, este trabalho teve como objetivo investigar a associação entre o polimorfismo rs670139 MS4A4E e rs9349407 CD2AP com DAE em uma amostra de indivíduos da população da Grande Vitória, ES e realizar um estudo de meta-análise atualizado sobre a associação destas variantes com a doença. O estudo de associação foi realizado com uma amostra composta por 221 indivíduos não consanguíneos, sendo 139 indivíduos saudáveis e 82 pacientes com diagnóstico provável de DAE, pareados em relação à idade e gênero. As amostras foram genotipadas por Polymerase Chain Reaction Restriction Fragment Length Polymorphism. O Equilíbrio de Hardy-Weinberg foi calculado para cada grupo estudado. Os resultados de genotipagem foram validados por sequenciamento em 5% das amostras. Os dados foram analisados pelos testes estatísticos de Qui-quadrado, Odds ratio (Intervalo de confiança de 95%), Mann-Whitney e Regressão logística no programa SPSS (valores de p ≤ 0,05 foram considerados significativos). Na meta-análise a comparação alélica seguindo o modelo genético aditivo foi realizada pelo programa R. Os resultados obtidos neste estudo sugerem que o alelo A de rs670139 MS4A4E está associado ao risco na DAE. Este resultado apoia o papel de risco do rs670139, uma vez que, o polimorfismo, em estudos funcionais, foi correlacionado com o aumento das placas neuríticas. No entanto, não houve associação do polimorfismo rs670139 MS4A4E e rs9349407 CD2AP com DAE na população da Grande Vitória, ES e a meta-análise não encontrou associação para o rs9349407 CD2AP. Os resultados deste trabalho são importantes para ajudar a validar o papel das variantes genéticas sobre o risco de DAE.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7115
Aparece nas coleções:PPGBIO - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_12055_Dissertação_Jucimara Ferreira Figueiredo Almeida.pdf1.56 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.