Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7127
Título: Efeitos antioxidantes do ácido rosmarínico sobre sistema renina angiotensina em modelo experimental de Parkinson
Autor(es): Melo, João Marcos Lira de
Orientador: Gouvêa, Sônia Alves
Palavras-chave: Ácido rosmarínico
Sistema renina angiotensina
Data do documento: 18-Mar-2018
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: MELO, João Marcos Lira de. Efeitos antioxidantes do ácido rosmarínico sobre sistema renina angiotensina em modelo experimental de Parkinson. 2018. 58 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia) - Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia, Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2018.
Resumo: O ácido rosmarínico (AR) é o componente químico de plantas muito utilizadas no meio medicinal, como alecrim, salvia, entre outras. Sua capacidade antioxidante é estudada como uma via alternativa natural para o tratamento de diversas doenças, mas o seu efeito sobre o sistema renina angiotensina (SRA) no modelo de Parkinson no sistema nervoso central ainda é pouco conhecido. Diante disso, o presente estudo tem como objetivo averiguar a influência do AR sobre o SRA no tronco encefálico de camundongos da linhagem C57bl/6 afetados pela toxina MPTP. Os animais foram tratados com a toxina MPTP (30 mg/Kg) para indução da doença de Parkinson, sendo que um grupo recebeu a toxina e o outro além do MPTP foi administrado o AR na dose 20 mg/Kg, via oral por 14 dias. Animais controle foram divididos em um grupo CON, outro grupo recebeu somente AR na dose 20 mg/Kg (grupo AR). A avaliação do peso dos órgãos dos animais demonstrou alteração significativa no peso do fígado e alterações histomorfométricas nos rins. A expressão proteica das proteínas antioxidantes (SOD e catalase) não demonstrou diferenças significativas entres os grupos. Não foi observadas diferenças entres os grupos na expressão da ECA1. Observou-se uma redução significativa na expressão do receptor AT2 no grupo MPTP, e houve um aumento significativo no grupo MPTP/AR. Estes resultados mostram um efeito protetor antioxidante e regulador do AR sobre o SRA. Dessa forma os resultados evidenciam que o AR pode ser uma via de estudo promissora para a busca de novos meios de tratamentos para doenças que alteram o sistema renina angiotensina.
Rosmarinic acid (RA) is the chemical component of plants widely used in the medicinal environment, such as rosemary, sage, among others. Its antioxidant capacity is studied as a natural alternative route for the treatment of several diseases, but its effect on the renin angiotensin system (RAS) in the nervous central system model of Parkinson's is still little known.The objective of this study was to investigate the influence of AR on the SRA of C57bl / 6 mice affected by the MPTP toxin in the brainstem. The animals were treated with the MPTP toxin (30 mg / kg) for induction of Parkinson's disease, one group receiving the toxin and the other in addition to MPTP, RA was given at a dose of 20 mg / kg orally for 14 days.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7127
Aparece nas coleções:PPGBIO - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_12340_Dissertação_João Marcos Lira de Melo.pdf1.34 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.