Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7137
Título: ESTUDO DA SÍNTESE DE NANOPARTÍCULAS DE OURO E BIOCONJUGAÇÃO COM PROTEÍNAS PARA DESENVOLVIMENTO DE NANOSENSORES
Autor(es): OLIVEIRA, J. P.
Orientador: GUIMARAES, M. C. C.
Data do documento: 16-Dez-2016
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: OLIVEIRA, J. P., ESTUDO DA SÍNTESE DE NANOPARTÍCULAS DE OURO E BIOCONJUGAÇÃO COM PROTEÍNAS PARA DESENVOLVIMENTO DE NANOSENSORES
Resumo: O rápido desenvolvimento em nanotecnologia durante as últimas décadas oferece amplas perspectivas no uso de materiais em nanoescala para diferentes áreas da indústria, tecnologia e medicina. No entanto, sua utilização segura e eficiente requer um controle minucioso sobre as propriedades físico-químicas e suas interações moleculares relacionados à interface biológica. A comunidade científica concorda que existe uma lacuna considerável sob nossa compreensão na aplicação desses nanomateriais, onde a maioria dos processos de síntese de nanopartículas coloidais é pouco compreendida em termos do seu mecanismo de crescimento. Além do mais, a interação de nanopartículas metálicas com biomoléculas também é pouco explorada, permanecendo como um grande desafio devido à natureza heterogênea desses conjugados. Desta forma, este projeto teve como objetivo a investigação dos principais mecanismos que afetam o controle do tamanho e a monodispersividade das nanopartículas metálicas, assim como a modificação de sua superfície química e interação com proteínas para aplicações em nanosensores. Esta tese está divida em quatro etapas, sendo a primeira o desenvolvimento de um método para síntese de nanopartículas de ouro monodispersas, a segunda etapa aborda a modificação química da superfície desses nanomateriais e o seu estudo pela técnica de microscopia eletrônica de transmissão. A terceira parte apresenta um estudo detalhado sobre a estabilidade e o acoplamento covalente com proteínas, utilizando a albumina sérica bovina como proteína-modelo. A quarta e última etapa é um estudo de bioconjugação com anticorpos avaliando a melhor estratégia para detectar o 17β-estradiol por Ressonância Plasmonica de Superfície Localizada. Estas abordagens visam o estabelecimento de uma rota confiável e reprodutível para a produção de nanobioconjugados a partir de nanopartículas de ouro. Esperamos, assim, poder maximizar o sucesso de aplicações de nanomateriais em sistemas biológicos bem como subsidiar o desenvolvimento de plataformas versáteis e reprodutíveis em nanobiotecnologia.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7137
Aparece nas coleções:PPGBIO - Teses de doutorado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_10796_Tese_Jairo Pinto de Oliveira.pdf2.89 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.