Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7231
Título: Revista Praticando Capoeira: materialidade e representações
Autor(es): SILVA, A. F.
Orientador: SCHNEIDER, O.
Palavras-chave: Revista
Representação
Mundo da Capoeira
Data do documento: 15-Nov-2012
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: SILVA, A. F., Revista Praticando Capoeira: materialidade e representações
Resumo: O presente estudo analisa a revista Praticando Capoeira, entendendo-a como vestígios de uma rede de práticas, capaz de dar a ver a luta de sentidos em que foi produzida e as relações de força que determinaram sua estruturação. O impresso em questão foi produzido pela editora D+T a partir de 1999, vendido principalmente em bancas de revistas até 2009, período em que foram publicadas 44 edições. Por intermédio dos dispositivos editoriais do impresso e pelas representações elaboradas e postas a circular, buscou-se compreender a organização do mundo da capoeira, considerado como um campo social. Uma revista, por sua agilidade de produção e circulação, consegue captar aspectos do cotidiano ao mesmo tempo em que as informações, os embates e as mudanças acontecem. Para trabalharmos com esse objeto, que se converte em fonte de pesquisa, são necessários considerar três elementos distintos, mas articulados, isto é, considerá-lo como suporte de textos, além de atentar para os próprios textos e para o discurso produzido pelo encadeamento de sentidos no ato da leitura. Ancorado na História Cultural e nas reflexões sobre as lutas de representação, a pesquisa entende a coleção de revistas como objetos culturais que guardam as marcas de sua fabricação. Com base na materialidade da revista, trabalha-se com o periódico nos termos de uma arqueologia dos objetos, em busca de pistas, para localizar os sinais das práticas editoriais, capazes de revelar os vestígios das estratégias, utilizadas pelos editores para a organização e regramento da leitura do impresso. A revista Praticando Capoeira é um documento e um monumento sobre o mundo da capoeira, uma testemunha do presente para o futuro, que proporciona a recordação do nosso tempo. As representações estão nos textos e imagens, materializadas no objeto em função de sua fórmula editorial. Identificamos que a revista apresenta a organização do campo com base nos grupos de capoeira e considera a prática da capoeiragem como um dos elementos da identidade brasileira, com potencial esportivo e pedagógico.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7231
Aparece nas coleções:PPGEF - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_6067_Dissertação ANDERSON DE FREITAS.pdf11.8 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.