Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7241
Título: Cultura jovem na cidade de Vitória/ES: as práticas corporais juvenis e sua relação com a Educação Física escolar
Autor(es): BUNGENSTAB, G. C.
Orientador: ALMEIDA, F. Q.
Data do documento: 5-Abr-2013
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: BUNGENSTAB, G. C., Cultura jovem na cidade de Vitória/ES: as práticas corporais juvenis e sua relação com a Educação Física escolar
Resumo: BUNGENSTAB, G. C. Cultura jovem na cidade de Vitória/ES: as práticas corporais juvenis e sua relação com a Educação Física escolar. 2013. 163 f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2013. Este trabalho procurou entender algumas facetas da juventude que frequenta o Ensino Médio na cidade de Vitória, Capital do Espírito Santo, tendo como referência as práticas corporais. Para tal, a dissertação se organiza em dois momentos. O primeiro, de caráter conceitual, foi uma oportunidade para realizar uma leitura a respeito da sociedade moderna (e contemporânea) a partir da obra dos sociólogos Zygmunt Bauman e Michel Maffesoli. Os dois sociólogos são utilizados para ajudar na compreensão a respeito da juventude na sociedade atual. O segundo momento do trabalho é composto pelo que chamo de três incursões etnográficas. Na primeira incursão etnográfica, utilizo um questionário aberto e faço um mapeamento das 13 escolas de Ensino Médio situadas na cidade de Vitória, com o propósito de identificar as práticas corporais que os jovens têm realizado dentro e fora da escola. A segunda incursão etnográfica é dedicada à análise do evento Jogos na rede e Cultura em rede, que ocorreu na cidade de Guarapari, município da Grande Vitória, quando acompanhei os jovens das escolas de Ensino Médio representaram as escolas da cidade de Vitória no referido evento. Enfatizam-se, nesse momento, as relações juvenis que foram construídas durante o evento, observando como as manifestações esportivas são vistas e tratadas pelos jovens. A terceira (e última) incursão da dissertação foi realizada em uma única escola, de fevereiro até setembro de 2012. O objetivo de se focar a analise em uma escola, trabalhar de modo mais aprofundado algumas questões ou temas identificados nessa escola, quando da aplicação do questionário na primeira incursão etnográfica. Seria uma oportunidade para novamente se discutir as relações da Educação Física com a cultura jovem e suas práticas corporais no Ensino Médio, dentro e fora da escola. A pesquisa mostrou como os jovens delegam importância às práticas corporais, realizadas dentro ou fora do ambiente escolar, deixando entender que, no período contemporâneo, não há como pensar a categoria juventude sem pensar, também, suas práticas corporais.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7241
Aparece nas coleções:PPGEF - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_6400_GABRIEL CARVALHO BUNGENSTAB20150609-161958.pdf1.77 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.