Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7248
Título: O ESPORTE ADAPTADO COMO CONTEÚDO NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA
Autor(es): CUNHA, L. M.
Orientador: CHICON, J. F.
Data do documento: 22-Out-2013
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: CUNHA, L. M., O ESPORTE ADAPTADO COMO CONTEÚDO NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA
Resumo: O estudo tem por objetivos: a) descrever e analisar o processo de sistematização e transmissão do esporte adaptado como conteúdo de ensino nas aulas de Educação Física na escola; b) identificar e analisar em que medida a prática dos esportes adaptados nas aulas de Educação Física pode favorecer o processo de inclusão das pessoas com deficiência na escola. Metodologicamente, caracteriza-se como uma pesquisa qualitativa do tipo estudo de caso, tendo como sujeitos alunos da 5a série de ambos os sexos, com idade de 10 e 11 anos, de uma escola pública, regular do ensino fundamental, do município de Vitória-ES. Evidenciam-se enquanto sujeitos da pesquisa o professor de Educação Física da turma e dois alunos com deficiência, sendo um com paralisia cerebral e um com baixa visão. Para coleta de dados foram utilizados os seguintes instrumentos: a entrevista semiestruturada, o diário de campo, a videogravação, o registro fotográfico e avaliações destinadas aos alunos sobre o tema proposto. O processo de intervenção foi realizado no período de fevereiro a junho de 2012, no acompanhamento de duas aulas semanais de Educação Física regular, totalizando 17 aulas, além de duas horas semanais de avaliação e planejamento. Esse conteúdo proposto foi tematizado a partir da transposição didática do esporte adaptado para um modelo baseado nas propostas progressistas da Educação Física. Como resultado, o estudo identifica que o esporte adaptado, sendo tematizado na escola a partir de uma abordagem que considere as necessidades educativas e que se preocupe em relacionar o aprendizado às questões sobre inclusão, mostra-se como um importante conteúdo a ser trabalhado nas escolas brasileiras pelos professores de Educação Física. Cabe evidenciar que as ações didático-metodológicas organizadas para as aulas aproximaram os alunos com e sem deficiência para a prática das mesmas atividades, proporcionou a eles o conhecimento de novas modalidades esportivas, alterou a imagem que eles tinham das pessoas com deficiência, principalmente sobre suas capacidades esportivas, e estimulou no professor da turma a iniciativa de trabalhar os esportes adaptados, enquanto conteúdo a ser tematizado em suas aulas futuras.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7248
Aparece nas coleções:PPGEF - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_7152_dissertação LEONARDO MIGLINAS.pdf2.61 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.