Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7270
Título: O PESO - PROGRAMA DE PROMOÇÃO DE ESTILO DE VIDA SAUDÁVEL NA OBESIDADE - COMO UMA ESTRATÉGIA DE EDUCAÇÃO EM SAÚDE: UMA INTERPRETAÇÃO DOS CUIDADOS CORPORAIS A PARTIR DOS USUÁRIOS DO SERVIÇO
Autor(es): VARNIER, T. R.
Orientador: GOMES, I. M.
Coorientador: ALMEIDA, F. Q.
Data do documento: 27-Jun-2014
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: VARNIER, T. R., O PESO - PROGRAMA DE PROMOÇÃO DE ESTILO DE VIDA SAUDÁVEL NA OBESIDADE - COMO UMA ESTRATÉGIA DE EDUCAÇÃO EM SAÚDE: UMA INTERPRETAÇÃO DOS CUIDADOS CORPORAIS A PARTIR DOS USUÁRIOS DO SERVIÇO
Resumo: Nos últimos anos, houve um aumento significativo do número de ações educativas governamentais na área da Saúde Pública, por meio de políticas e programas de saúde voltados, principalmente, para a prevenção e promoção de saúde da população. Essas estratégias educativas possuem como finalidade a educação corporal das pessoas para a adesão de um estilo de vida saudável/ativo, considerado como modelo ideal contemporâneo. Questões relacionadas a uma vida saudável adentraram o âmbito da saúde pública, e a obesidade passa a se configurar como um tema preocupante nas ações educacionais em saúde. Nesse sentido, esta pesquisa de mestrado teve como foco o programa Peso, da Unidade Básica de Saúde do bairro República da cidade de Vitória-ES, como uma estratégia de Educação em Saúde do corpo obeso, a fim de investigar como os discursos referentes ao cuidado com o corpo são reproduzidos no programa e, por meio dele, verificar como os participantes lidam com as informações que recebem. Em relação aos aspectos metodológicos, os principais instrumentos de pesquisa foram a observação participante, a utilização de entrevistas semiestruturadas e o experimento da técnica de Narrativas de Mapas Corporais. Concluímos que os indivíduos investigados, ao se inserirem no programa Peso, buscam informações que os ajudem a superar os percalços que o corpo obeso enfrenta na atualidade, que compreende não só os incômodos relacionados aos agravos à saúde como ainda as preocupações com a estética corporal. Dessa forma, mesmo relatando dificuldades em aderir um estilo de vida saudável, os participantes apresentaram um comportamento de conformidade diante das informações recebidas pelo programa Peso. Assim, acreditamos que, diante do "peso" em carregar um corpo obeso, abandonar esse corpo significa tanto se libertar dos incômodos atrelados ao estigma da gordura quanto conquistar um espaço na sociedade em que o modelo hegemônico corporal em voga é o magro.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7270
Aparece nas coleções:PPGEF - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_7815_Dissertação Thacia Ramos Varnier ok.pdf1.13 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.