Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7429
Título: Estudo Sobre a Aplicação do Método Monte Carlo Simulated Annealing ao Processo de Geração de Bases Gaussianas Atômicas.
Autor(es): REIS, T. M.
Orientador: CANAL NETO, A.
Palavras-chave: Monte Carlo
Bases Gaussianas
Física Atômica e Molecular
Data do documento: 12-Mar-2012
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: REIS, T. M., Estudo Sobre a Aplicação do Método Monte Carlo Simulated Annealing ao Processo de Geração de Bases Gaussianas Atômicas.
Resumo: O método Monte Carlo Simulated Annealing foi usado na geração de bases gaussianas adaptadas para os átomos de Li, C, O, Na, Si, S, K, Fe, Ge e Se no estado fundamental. Esse conjunto de átomos foi escolhido para representar, em média, os átomos do 2º, 3º e 4º períodos da tabela periódica e um estudo sobre esquemas de resfriamento foi realizado. Inicialmente, o método Coordenada Geradora Hartree-Fock Melhorado foi aplicado para gerar bases adaptadas usadas como ponto de partida para geração de novas bases gaussianas. Posteriormente, o Monte Carlo Simulated Annealing junto com o princípio variacional, aplicados à função de onda HF, foram usados para obtenção de bases gaussianas totalmente otimizadas. O mesmo procedimento foi realizado utilizando-se esquemas de resfriamento adaptativo e não adaptativo, e todas as bases atômicas foram geradas 20 vezes. Uma análise da conabilidade dos resultados e comparações entre os esquemas de resfriamento estudados e dos resultados produzidos através de outros procedimentos de geração de bases foram feitas. Vericamos que o esquema de resfriamento adaptativo estudado produziu resultados mais acurados de energia total HF para os seis átomos com maior número atômico, dentre os analisados. O esquema não adaptativo se mostrou mais acurado para os quatro átomos com menor número atômico. Nossos resultados mostraram que os dois esquemas tem precisão semelhante no cálculo das energias totais HF atômicas, e que o esquema não adaptativo é, em média, mais eciente. Estudos mais detalhados são necessários para mostrar se o método proposto neste trabalho é indicado para geração de bases atômicas adequadas para uso em cálculos moleculares.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7429
Aparece nas coleções:PPGFIS - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_5504_.pdf2.32 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.