Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7568
Título: Crescimento, trocas gasosas e teores foliares de nutrientes em plantas de Coffea arabica L. tratadas com reguladores de crescimento
Autor(es): Erlacher, Wellington Abeldt
Orientador: Amaral, José Francisco Teixeira do
Coorientador: Reis, Edvaldo Fialho dos
Cavatte, Paulo Cezar
Tomaz, Marcelo Antonio
Data do documento: 5-Jun-2017
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: ERLACHER, Wellington Abeldt. Crescimento, trocas gasosas e teores foliares de nutrientes em plantas de Coffea arabica L. tratadas com reguladores de crescimento. 2017. 35 f. Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal) - Programa de Pós-Graduação em Produção Vegetal, Universidade Federal do Espírito Santo, 2017, Alegre.
Resumo: Objetivou-se com o presente estudo, avaliar o efeito da aplicação isolada de ácido 3-Indolilacético (AIA) e cinetina no crescimento, trocas gasosas e teores foliares de nutrientes em plantas de Coffea arabica L. Foram conduzidos dois experimentos, sendo o primeiro com aplicação isolada de AIA e o segundo com aplicação isolada de cinetina. O delineamento adotado foi em blocos ao acaso com quatro repetições. Os tratamentos foram constituídos por cinco concentrações para os dois reguladores de crescimento, sendo: C1 = 0 mg L-1; C2 = 0,1 mg L-1; C3 = 10 mg L-1; C4 = 20 mg L-1 e C5 = 60 mg L-1. As avaliações ocorreram semanalmente, onde foram medidos o comprimento do ramo ortotrópico e o comprimento do ramo plagiotrópico. A taxa de crescimento do diâmetro do caule foi avaliada no início e ao final do experimento. As trocas gasosas, teor de clorofila, teores foliares de nutrientes e teor de cinzas foram avaliados no final do experimento. A aplicação de AIA nas plantas de café contribuiu para um incremento na taxa de crescimento de ramos plagiotrópicos, na concentração de 0,1 mg L-1. A aplicação de AIA também contribuiu para um incremento na taxa de crescimento do diâmetro do caule, na concentração de 60 mg L-1. A aplicação de AIA em plantas de café proporcionou maior taxa de assimilação líquida de CO2, na concentração de 60 mg L-1, maior condutância estomática, concentração subestomática de CO2 e taxa transpiratória, nas concentrações de 60 mg L-1 e 20 mg L-1. A aplicação de 0,1 mg L-1 de AIA contribuiu ainda para menor condutância estomática e concentração subestomática de CO2. Essas características favoreceram a maior eficiência instantânea e intrínseca no uso da água e eficiência instantânea de carboxilação. As plantas de café que receberam aplicação de cinetina em 60 mg L-1 apresentaram maiores teores foliares de potássio. Além disso, a aplicação de cinetina proporcionou maior condutância estomática nas concentrações de 60 mg L-1, 20 mg L-1 e 0,1 mg L-1. Maior transpiração na concentração de 0,1 mg L-1. Menor eficiência intrínseca no uso da água na concentração de 60 mg L-1 e 0,1 mg L-1.
The present study aimed to evaluate the effect of 3-Indoleacetic acid (IAA) and kinetinon the growth, gas exchange and leaf nutrient content in coffee plants (Coffea arabicaL.). Two experiments were carried out; the first one with IAA application and the second one with application of kinetin. The experiment used a randomized block design with four replications. The both experiments used five concentrations for each growth regulator; C1 = 0 mg L-1; C2 = 0.1 mg L-1 ; C3 = 10 mg L-1; C4 = 20 mg L-1 and C5 = 60mg L-1 of IAA and kinetin. The length of orthotropic and plagiotropic stems were evaluated weekly. The stem diameter growth rate was evaluated in the beginning and in the end of the experiment. Gas exchange, chlorophyll content, leaf nutrient content and ash content were also evaluated. The application of IAA (0.1 mg L-1 ) in coffee plants lead to an increase in the growth rate of plagiotropic stems. IAA application also lead to an increasing in stem diameter, in the concentration of 60 mg L-1 . IAA application in the concentration of 60 mg L-1 lead to a higher net CO2 assimilation rate, and increased stomatal conductance, sub-static CO2 concentration and transpiration rate in the concentrations of 20 mg L-1 and 60 mg L-1 . In addition, the lowest IAA application (0.1mg L-1) decrease stomatal conductance and substomatal CO2 concentration, and these characteristics lead to higher instantaneous and intrinsic efficiency in water use and instantaneous carboxylation efficiency. Coffee plants that received application of kinetin (60 mg L-1) showed higher potassium content in leaves. The kinetin concentrations of 0.1 mg L-1, 20 mg L-1 and 60 mg L-1 lead to higher stomatal conductance in coffee plants. Higher transpiration at the concentration of 0.1 mg L-1 Lower intrinsic efficiency in the use of water in the concentration of 0.1 mg L-1 and 60 mg L-1 .
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7568
Aparece nas coleções:PPGPV - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_11065_Wellington Abeldt Erlacher.pdf1.63 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.