Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7572
Título: Avaliação de sistemas alagados construídos no tratamento da água residuária da suinocultura
Autor(es): CORREA, J. M.
Orientador: GARCIA, G. O.
Data do documento: 26-Fev-2018
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: CORREA, J. M., Avaliação de sistemas alagados construídos no tratamento da água residuária da suinocultura
Resumo: A suinocultura é uma atividade agropecuária de importância elementar para o estado do Espírito Santo, possuindo em sua grande maioria criações confinadas, sejam elas, de pequeno, médio ou grande porte. Esse sistema de criação caracteriza-se por gerar grandes quantidades de dejetos, que dependem de um sistema eficaz de tratamento dos mesmos. Os Sistemas Alagados Construídos (SACs) podem se tornar uma alternativa de custo econômico acessível á produtores de pequeno e médio porte como um sistema eficaz ao tratamento de águas residuárias geradas pela atividade. Objetivou-se nesse trabalho, avaliar a eficiência dos Sistemas Alagados Construídos cultivados com capim-Jiggs, na remoção de nutrientes e carga orgânica da água residuária gerada no processo de produção de suínos. O experimento foi desenvolvido no setor de suinocultura do IFES - Santa Teresa, sendo implantados 5 SACs, com diferentes cargas orgânicas, sendo: 100, 200, 300 e 400 kg ha-1 d-1 de DBO cultivados com capim-Jiggs e um SAC não cultivado, aplicando-se 100 kg ha-1 d-1 de DBO, sendo utilizado a brita #0 como meio de suporte. Avaliou-se a influência da vegetação na eficiência de tratamento do sistema. Foram necessários 2 meses de adaptação do sistema, e 6 cortes na forrageira, no intervalo de 30 dias entre eles. A água residuária foi avaliada no mesmo período, comparando-se as variáveis: pH, turbidez, condutividade elétrica, sólidos totais, sólidos fixos, sólidos voláteis, demanda bioquímica de oxigênio, nitrogênio total e fósforo, da água residuária antes e após a passagem pelo sistema de tratamento. Os dados foram submetidos à analise de variância e confirmando a interação entre os fatores (carga orgânica x período de avaliação), realizou-se a análise de regressão. No período de avaliação, o sistema de tratamento, demonstrou-se eficiente na remoção de nutrientes e carga orgânica, porém ainda houve evidências de que o sistema ainda não esteja totalmente em equilíbrio. Confirma-se ainda, a viabilidade do sistema de tratamento, para uso da água tratada na fertirrigação em sistemas agrícolas.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7572
Aparece nas coleções:PPGPV - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_11192_Jorge Montoanelli Correa.pdf1.34 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.