Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7586
Título: Mapeamento do estado nutricional do mamoeiro
Autor(es): Jesus, Mariana Lima de
Orientador: Lima, Julião Soares de Souza
Data do documento: 12-Jul-2016
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: JESUS, Mariana Lima de. Mapeamento do estado nutricional do mamoeiro. 2016. 104 f. Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal) - Universidade Federal do Espírito Santo, Centro de Ciências Agrárias e Engenharias Alegre, 2016.
Resumo: A geoestatística é utilizada no estudo da variabilidade espacial com base na estimativa e identificação das inter-relações dos atributos estudados, no espaço e no tempo, permitindo a otimização das malhas de amostragem, considerando a dependência espacial entre as observações. A classificação fuzzy possibilita gerar agrupamentos considerando a pertinência de cada valor amostrado de determinado atributo associado a cada classe pré-definida. À vista disso, objetivou-se com este trabalho mapear a variabilidade espacial do estado nutricional do mamoeiro, grupo Solo, Golden THB, com base no Sistema Integrado de Diagnose e Recomendação (DRIS) e na classificação fuzzy dos teores foliares do pecíolo. O estudo foi realizado com dados de produtividade e de teores foliares do pecíolo do mamoeiro (2010/2011) de 129 pontos georeferenciados, de uma lavoura comercial de mamão, cultivada no Norte do Estado do Espírito Santo. Na fase de sexagem, contou-se o número de botões florais e coletaram-se folhas recém-maduras, caracterizadas por apresentar uma flor recém-aberta em sua axila. O material, após colhido, foi acondicionado em envelope de papel e seco em estufa a 70ºC até massa constante, moídas e enviadas para análise foliar, onde se obteve as concentrações dos macronutrientes: N, P, K, Ca, Mg, S; e dos micronutrientes: Zn e Mn. A colheita dos frutos, para determinação da produção, foi realizada no nono mês de idade, no estádio 2 de maturação, com a massa dos frutos obtida em balança digital. A partir dos teores foliares foram calculados os índices DRIS e, com os valores, determinaram-se os índices de balanço nutricional (IBN) para cada ponto amostral. Os valores dos teores foliares, IBN, número de botões florais (NBF), massa de fruto (MF) e de produtividade (PRD) foram submetidos à análise exploratória e descritiva. Fez-se análise de correlação de Pearson (p<0,05) entre IBN, índice DRIS de cada nutriente, NBF, MF e PRD. Ajustou-se os semivariogramas para verificar e quantificar a dependência espacial das variáveis avaliadas, seguido da elaboração dos mapas da variabilidade espacial por meio da interpolação por krigagem ordinária. Para a confecção do mapa do estado nutricional por meio do sistema de lógica fuzzy, classificaram-se os mapas de cada nutriente utilizando a função de pertinência trapezoidal. O efeito combinado dos teores foliares foi medido empregando o operador fuzzy soma convexa. A lavoura apresenta desequilíbrio nutricional, indicado pelos dois métodos de avaliação utilizados. O IBN não apresentou correlação linear com a produtividade. A identificação do k k nutriente mais limitantes por falta, Mn, possibilita auxiliar no manejo de adubação nas áreas em que o IBN apresenta maiores valores. A utilização do método fuzzy permitiu visualizar as mudanças de classe dos teores foliares de cada nutriente e facilitou a interpretação do estado nutricional considerando os nutrientes em estudo.
Geostatistics is used in study of spatial variability based on the estimation and identification of the interrelationships of the attributes studied, in space and time, allowing the optimization of sampling grid considering the spatial dependence between the observations. The fuzzy classification enables generate clusters considering the degrees of pertinence of sampled value of a particular attribute associated with each predefined class. In view of this, the aim of this study was to map the spatial variability of the nutritional status of papaya, Grupo Solo, Golden THB, based in the Integrated System for Diagnosis and Recommendation (ISDR) and in the Fuzzy classification of the foliar levels of petiole. The study was conducted with productivity data and in the foliar levels of petiole (2010/2011) of 129 georeferenced points, a commercial farming of papaya, Grupo Solo, grown in the north of the Espirito Santo state. In the sexing phase, counted the number of flower buds and collected up newly mature leaves, characterized by presenting a newly opened flower in your armpit. The material, collected after, it was packed in an envelope of paper, dried at 70° C to constant weight, was ground and sent for foliar analysis, where there was obtained the concentrations of the macronutrients N, P, K, Ca, Mg, S; and micronutrients Zn and Mn. The fruit harvest, to determine the production, it was made in the ninth month of age, stage 2 of ripeness, with the mass of the fruits obtained in digital scale. From the foliar levels the ISDR indices were calculated and, with the values, were determined the nutritional balance index (NBI) for each sample point. The values of foliar levels, NBI, number of flower buds (NFB), fruit mass (FM) and productivity (PRD) underwent exploratory and descriptive analysis. Was made Pearson correlation analysis (p≥0.05) in between NBI, ISDR index of the nutrient, NFB, FM and PRD. Was made adjusting semivariogram to verify and quantify the spatial dependence of variables, followed by the preparation of maps of spatial variability through interpolation by ordinary kriging. Was made adjusting semivariogram to verify and quantify the spatial dependence of variables, followed by the preparation of maps of spatial variability through interpolation by ordinary kriging. For confection the map of the nutritional status through the fuzzy logic system, were classified the maps of each nutrient using the trapezoidal membership function. The combined effect of foliar levels was measured using the operator fuzzy convex sum. The crop presents nutritional imbalance, indicated by the two evaluation methods. O NBI showed no linear correlation with k k 9 productivity. The identification of the most limiting nutrient for lack, Mn, enables assist in the fertilizer management in areas NBI has higher values. The use of fuzzy method allowed to visualize the foliar levels in each class, and and facilitated the interpretation of nutritional status considering the nutrients in study.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7586
Aparece nas coleções:PPGPV - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_9001_Mariana Lima de Jesus.pdf5.17 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.