Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7599
Título: Atributos físicos e químicos do solo em lavoura de café conilon consorciado
Autor(es): ALVES, D. I.
Orientador: LIMA, J. S. S.
Palavras-chave: Análise multivariada
Coffea canephora Pierre
Sombreamento
Data do documento: 20-Fev-2017
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: ALVES, D. I., Atributos físicos e químicos do solo em lavoura de café conilon consorciado
Resumo: O café conilon possui grande importância socioeconômica para o Brasil, principalmente para o Estado do Espírito Santo, maior produtor nacional da cultura. O cultivo de café no Espírito Santo, como no resto do país, é predominantemente realizado em monocultivo a pleno sol, porém este sistema tem sido questionado pelos efeitos negativos que causa ao solo quando mal manejado, sendo uma alternativa a adoção de sistemas de cultivo consorciado. Objetivou-se com este trabalho avaliar os efeitos do cultivo de café conilon consorciado nos atributos do solo em relação ao monocultivo a pleno sol. O experimento foi realizado na Fazenda Experimental Bananal do Norte (Incaper), localizada no município de Cachoeiro de Itapemirim. A variedade plantada é EMCAPER 8151 e os sistemas de cultivo estudados foram: M1- cafeeiro conilon em monocultivo; cafeeiro conilon consorciado com: M2- pupunheira, M3- gliricídia, M4- bananeira cv. Japira e M5- ingazeiro e; M6- vegetação natural em estado de regeneração. Amostras indeformadas e deformadas de solo foram coletadas nas áreas nas camadas 0-0,10; 0,10-0,20; 0,20-0,40; 0,40-0,80 m para análise dos atributos físicos (densidade do solo, porosidade total, macroporosidade e microporosidade) e químicos do solo (pH, P, K, Ca, Mg, Al, H+Al, SB, CTC , V, m, P-rem, MO, Zn, Fe, Mn, Cu e B). A análise estatística foi realizada por meio da análise de variância pelo teste F (p>0,05) e, quando significativo, aplicado o teste de médias de Tukey (p<0,05). A análise multivariada foi realizada pelo método de componentes principais (ACP) e pelo método de agrupamento (Cluster) envolvendo as variáveis em estudo. A fertilidade do solo nas camadas 0-0,1 m e 0,1-0,2 m nos anos 2015 e 2016 apresentou teores adequados, variando de médio a alto, de acordo com a recomendação da literatura. Devido ao pequeno tempo de implantação dos sistemas de cultivo não foi possível observar diferenças marcantes entre os sistemas de cultivo do cafeeiro conilon para os atributos avaliados. Na análise de agrupamento a formação de grupos ocorreu principalmente em função da profundidade da camada do solo nos dois anos avaliados, camada de 0-0,10 m, o que também pode ser observado pela análise de variância onde as camadas superficiais apresentaram maiores valores para a maioria dos atributos avaliados. As componentes principais 1 e 2, no ano de 2015, explicaram juntas 58,08% da variância dos dados, e no ano de 2016, explicaram juntas 68,26% da variância total dos dados.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7599
Aparece nas coleções:PPGPV - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_9832_Danielle Inacio Alves.pdf2.1 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.