Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7604
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorXavier, Alexandre Cândido-
dc.date.accessioned2018-08-01T22:35:01Z-
dc.date.available2018-08-01-
dc.date.available2018-08-01T22:35:01Z-
dc.identifier.citationFORMIGONI, Mileide de Holanda. Análise temporal da vegetação associada à estimativa de precipitação pluvial por sensoriamento remoto na bacia hidrográfica do rio Doce. 2018. xv, 117 f. Tese (Doutorado em Produção Vegetal) - Universidade Federal do Espírito Santo, Centro de Ciências Agrárias e Engenharias.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/7604-
dc.publisherUniversidade Federal do Espírito Santopor
dc.subjectSensores orbitaispor
dc.subjectClimapor
dc.subjectOrbital sensorseng
dc.subjectTemporal profileeng
dc.subjectVegetation indiceseng
dc.subjectClimatepor
dc.titleAnálise temporal da vegetação associada à estimativa de precipitação pluvial por sensoriamento remoto na bacia hidrográfica do rio Docepor
dc.typedoctoralThesisen
dc.subject.udc63-
dc.subject.br-rjbnGeoprocessamentopor
dc.subject.br-rjbnSensoriamento remotopor
dc.subject.br-rjbnRecursos hídricospor
dcterms.abstractO sensoriamento remoto destaca-se como um dos métodos mais modernos para monitorar os ecossistemas terrestres, abrangendo áreas extensas e com alta resolução temporal. A busca pelo conhecimento da dinâmica temporal da vegetação revela padrões, processos e mecanismos usados para obter estratégias de proteção e conservação dos recursos florestais, que se encontram cada vez mais prejudicados direta ou indiretamente por alterações antrópicas, levando à necessidade de inferir sobre a realidade que envolve as conexões entre as esferas de cunho ambiental, econômico e social. O levantamento de informações relacionadas às variáveis climáticas no contexto da vegetação, sobretudo a precipitação, é fundamental para inúmeras aplicações. A utilização de dados oriundos de sensores orbitais para análise da correlação entre os índices de vegetação e a precipitação pluvial contribui no avanço das pesquisas envolvendo a resposta da vegetação em grandes áreas. O objetivo dessa pesquisa foi a análise de tendências interanuais e sazonais do comportamento da vegetação envolvendo o conjunto de observações de forma constante, dos índices de vegetação Enhanced Vegetation Index (EVI) e Normalized Difference Vegetation Index (NDVI) do sensor Moderate Resolution Imaging Spectroradiometer (MODIS), produto MOD13Q1 e da precipitação pluvial utilizando dados do satélite Tropical Rainfall Measuring Mission (TRMM), produto 3B43-V7 na bacia hidrográfica do rio Doce, no período de janeiro de 2001 a dezembro de 2016. As análises das tendências interanuais das séries temporais do EVI e do NDVI foram realizadas mediante os perfis temporais e as metodologias de tendência linear, correlação linear e tendência monotônica de Mann-Kendall. As tendências sazonais foram analisadas utilizando resultados das correlações entre os dados de precipitação e índices de vegetação, por meio das técnicas de modelagem linear, expressas estatisticamente. Com a geração dos perfis temporais dos índices de vegetação, observou-se que o EVI apresentou maior variação de valores quando comparado ao NDVI. As tendências interanuais analisadas foram positivas em sua maioria, apresentaram menor variação da vegetação verde, nesse caso, representada pelas áreas com vegetação florestal e unidades de conservação na bacia. A resposta da correlação entre os índices de vegetação e a precipitação foi positiva e significativa, no entanto, algumas áreas da bacia apresentaram valores baixos, evidenciando a influência de outros fatores climáticos nas mudanças de comportamento da dinâmica da vegetação no período analisado. Tendências estatisticamente significativas, segundo o teste de significância de Mann-Kendall, são mais evidenciadas na série temporal do NDVI, ocupando 50,59% da extensão dos pixels, em relação ao EVI representados por 48,71% dos pixels. As tendências significativas compreendem principalmente as áreas de vegetações e remanescentes florestais presentes na área de estudo e as não significativas representam as áreas com agropecuária, pastagem e agricultura. Esses resultados permitem a compreensão do processo de degradação ambiental da bacia hidrográfica do rio Doce, além de apresentarem contribuições nos trabalhos que envolvam o planejamento ambiental na bacia.por
dcterms.abstractRemote sensing stands out as one of the most modern methods for monitoring terrestrial ecosystems, covering large areas with high temporal resolution. The search for knowledge of the temporal dynamics of vegetation reveals patterns, processes and mechanisms used to obtain strategies for the protection and conservation of forest resources, which are increasingly directly or indirectly hampered by anthropic alterations, leading to the need to infer about the reality which involves the connections between the environmental, economic and social spheres. The collection of information related to climatic variables in the context of vegetation, especially precipitation, is fundamental for many applications. The use of data from orbital sensors to analyze the correlation between vegetation indices and rainfall contributes to the progress of research involving vegetation response in large areas. The objective of this research was to analyze the interannual and seasonal trends of vegetation behavior involving the set of constant observations of the vegetation indices Enhanced Vegetation Index (EVI) and Normalized Difference Vegetation Index (NDVI) of the Moderate Resolution Imaging Spectroradiometer ( MODIS), product MOD13Q1 and rainfall using data from the Tropical Rainfall Measuring Mission (TRMM) satellite, product 3B43-V7 in the hydrographic basin of the river Doce, from January 2001 to December 2016. Analysis of the interannual trends of the series EVI and NDVI were performed using the temporal profiles and the linear trend, linear correlation and Monotonic trend methodologies of Mann-Kendall. Seasonal trends were analyzed using correlation results between precipitation data and vegetation indices, using linear modeling techniques, statistically expressed. With the generation of temporal profiles of the vegetation indices, it was observed that the EVI showed a greater variation of values when compared to NDVI. The interannual trends analyzed were mostly positive, presenting lower green vegetation variation, in this case, represented by areas with forest vegetation and conservation units in the basin. The response of the correlation between vegetation indices and precipitation was positive and significant, however, some areas of the basin presented low values, evidencing the influence of other climatic factors on changes in vegetation dynamics behavior in the analyzed period. Statistically significant trends, according to the Mann-Kendall significance test, are more evidenced in the NDVI time series, occupying 50.59% of the pixel extension, compared to EVI represented by 48.71% of the pixels. Significant trends include mainly the areas of vegetation and forest remnants present in the study area and the non significant ones xiii represent areas with agriculture, pasture and agriculture. These results allow an understanding of the process of environmental degradation of the Doce river basin, in addition to presenting contributions in the works that involve environmental planning in the basin.eng
dcterms.creatorFormigoni, Mileide de Holanda-
dcterms.formatTexteng
dcterms.issued2018-03-02-
dcterms.languageporpor
dcterms.subjectSensores orbitaispor
dcterms.subjectPerfil temporalpor
dcterms.subjectÍndices de vegetaçãopor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Produção Vegetalpor
dc.publisher.initialsUFESpor
dc.subject.cnpqAgronomiapor
dc.publisher.courseDoutorado em Produção Vegetalpor
dc.contributor.refereeLima, Julião Soares de Souza-
dc.contributor.refereeSilva, Samuel de Assis-
dc.contributor.refereeFerrari, Jeferson Luiz-
dc.contributor.advisor-coSantos, Alexandre Rosa dos-
Aparece nas coleções:PPGPV - Teses de doutorado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_10183_Mileide de Holanda Formigoni.pdf4.19 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.