Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7621
Título: Crescimento, fotossíntese e nutrição de genótipos de Coffea canephora enxertados em porta-enxertos tolerantes a estresses
Autor(es): BRINATE, S. V. B.
Orientador: TOMAZ, M. A.
Data do documento: 27-Fev-2018
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: BRINATE, S. V. B., Crescimento, fotossíntese e nutrição de genótipos de Coffea canephora enxertados em porta-enxertos tolerantes a estresses
Resumo: O sucesso da atividade cafeeira é consequente do processo de manejo da implantação da lavoura, sendo assim, de grande importância a utilização de mudas de qualidade, tolerantes as condições adversas de clima e solo, além da responsividade a nutrição. Diante disso, o presente trabalho teve como objetivo avaliar o crescimento inicial, eficiência nutricional e fisiológica de C. canephora propagado por enxertia, em ambiente controlado, assim como verificar as cultivares de C. canephora propagadas por enxertia, resistentes ao déficit hídrico e eficientes na utilização do nitrogênio, em ambiente controlado. O estudo foi realizado em casa de vegetação, em delineamento experimental inteiramente casualizado, com 48 tratamentos, onde foram utilizados como porta enxertos o clone 14 e o Robusta Tropical (Incaper 8151), como enxertos os clones 02 e LB1, quatro auto-enxertos (Robusta Tropical, clones 02, 14 e LB1) e quatro pés francos (Robusta Tropical, clones 02, 14 e LB1), submetidos a condição ótima de disponibilidade hídrica e a condição de déficit (80% e 25% da água disponível), e ainda a duas doses de N (20% e 100% da recomendação), com quatro repetições. O tipo de enxertia utilizado foi por garfagem em fenda cheia, as plantas foram conduzidas por 180 dias, quando ao final, foram avaliados taxas de crescimento, produção de biomassa, variáveis fisiológicas, teores nutricionais e índices de eficiência nutricional. Diante das condições estudadas, verificou-se que algumas combinações não sofreram alterações em seu crescimento inicial pelo ato da enxertia, apresentando assim, desenvolvimento semelhante ao pé franco, com potencial levadas a campo, para maiores estudos.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7621
Aparece nas coleções:PPGPV - Teses de doutorado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_9736_Sebastião Vinicius Batista Brinate.pdf1.66 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.