Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7645
Título: CARACTERIZAÇÃO DE PAINÉIS AGLOMERADOS PRODUZIDOS COM MADEIRA DE EUCALIPTO E RESÍDUOS LIGNOCELULÓSICOS AGROINDUSTRIAIS
Autor(es): MARTINS, R. S. F.
Orientador: GONCALVES, F. G.
Palavras-chave: 1
Painéis de madeira
2
Taninos
3
Ureia
4
Resíduos agr
Data do documento: 16-Nov-2016
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: MARTINS, R. S. F., CARACTERIZAÇÃO DE PAINÉIS AGLOMERADOS PRODUZIDOS COM MADEIRA DE EUCALIPTO E RESÍDUOS LIGNOCELULÓSICOS AGROINDUSTRIAIS
Resumo: O presente trabalho teve como objetivo caracterizar painéis aglomerados confeccionados com madeira de eucalipto em mistura com resíduos advindos da atividade agrícola (carpelo de noz macadâmia, pergaminho de café e caule de mamoeiro), usando como aglutinantes os adesivos ureia formaldeído e tanino ureia formaldeído. Analisaram-se as propriedades físicas densidade aparente, absorção de água e inchamento em espessura; as propriedades mecânicas resistência à flexão estática, arrancamento de parafusos, tração perpendicular (ligação interna) e dureza Janka; e a emissão de formaldeído. Os painéis aglomerados em sua maioria foram classificados como de média densidade; apesar do aumento do percentual de resíduos na composição dos painéis aglomerados e a substituição de 10 % de resina ureia formaldeído por extrato tânico terem promovido a redução das propriedades físicas, os aglomerados atenderam às especificações de desempenho para absorção de água e inchamento em espessura. Os valores médios das propriedades mecânicas tração perpendicular (ligação interna), arrancamento de parafuso e dureza Janka obtidos para os resíduos estudados no geral atenderam aos padrões de qualidade normativos, com exceção da propriedade flexão estática. A adição de 10% de extrato tânico na resina ureia formaldeído reduziu 22,5% a emissão de formaldeído livre nos painéis aglomerados. Os resultados obtidos indicam o potencial de utilização dos resíduos lignocelulósicos caule de mamoeiro, carpelo de noz macadâmia e pergaminho de café como matéria-prima para fabricação de painéis aglomerados, sendo estes não recomendados apenas quando submetidos a tensões de flexão. Palavras-chaves: adesivo, carpelo de noz macadâmia, pergaminho de café, caule de mamoeiro
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7645
Aparece nas coleções:PPGCF - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_10376_Rhagnya 2016.pdf1.27 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.