Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7650
Título: Evolução comparativa do uso e ocupação da terra em bacia hidrográfica
Autor(es): Moreira, Giselle Lemos
Orientador: Santos, Alexandre Rosa dos
Palavras-chave: Geotecnologia
Perda de solo
Código florestal
Geotechnology
Soil loss
Forest code
Data do documento: 17-Fev-2017
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: As florestas tropicais apresentaram, ao longo dos anos, perda progressiva da sua cobertura original, sendo a conversão das terras para as práticas agrícolas e pecuárias, a exploração da madeira, a urbanização e a criação de infraestruturas como pontes, estradas e barragens, as causas recorrentes desse desmatamento. Neste contexto, a realização deste estudo objetivou avaliar a evolução temporal, espacial e temática do uso e ocupação da terra, das Áreas de Preservação Permanente (APP) e da perda de solo por erosão hídrica na área de contribuição de uma bacia hidrográfica, localizada na região sudoeste do estado do Espirito Santo, Brasil. Para a execução desta pesquisa, foram utilizadas ortofotomosaicos (resoluções espaciais de 1 e 0,25 m), MDE SRTM (resolução espacial de 30 m), dados meteorológicos de estações distribuídas sobre a área de estudo e limítrofes e mapa de solos da região. De posse do banco de dados, foram realizados os seguintes procedimentos: a) fotointerpretação para a obtenção das classes de uso e ocupação da terra, b) delimitação das APP de cursos dágua, nascentes, declividade e topo de morro e, c) estimativa do volume de solo perdido por erosão hídrica, levando em consideração os cenários de uso e ocupação da terra real e um cenário de uso e ocupação da terra ideal (simulado). A partir dos resultados obtidos, foi possível inferir que ao longo do período analisado as classes de pastagem e cultivo agrícola (destaque para a cafeicultura) foram as mais expressivas. As APP de topo de morro e cursos dágua tiveram maiores participações em termo de área. Entretanto, notou-se uma diminuição no percentual de APP de topo de morro, no cenário 2, delimitada de acordo com os parâmetros estabelecidos pelo novo código florestal brasileiro. Observou-se que mais de 50% das áreas destinadas à APP, estão sendo utilizadas para outras finalidades. As estimativas de perda de solo revelaram uma mudança significativa na quantidade de perda de solo entre os cenários avaliados. Esse resultado corrobora a importância da cobertura florestal como fator atenuante da degradação do solo. Palavras-chave: geotecnologia, perda de solo, código florestal.
The rain forests presented, along of the years, a progressive loss of their original cover, wherein the land conversion to agricultural and livestock practices, logging, urbanization and the creation of infrastructures such as bridges, roads and dams, are the recurring causes of this deforestation. In this context, the objective of this study was to evaluate the temporal, spatial and thematic evolution of land use, of the Permanent Preservation Areas (APPs) and soil loss due to water erosion in the contribution area of a watershed, located in the southwest region of Espírito Santo state, Brazil. For the execution of this research, were used orthophotomosaics (spatial resolutions of 1 and 0.25 m), MDE SRTM (spatial resolution of 30 m), meteorological data of stations distributed over the study area and boundaries and region soil map. With the database, the following procedures were performed: a) photointerpretation to the acquirement of land use classes, b) APPs delimitations of the water courses, springs, slopes and hilltops, and c) estimation of the lost soil volume by water erosion, considering the real land use scenarios and an ideal land use scenario (simulated). From the results obtained, it was possible to infer that during the analyzed period the pasture and agricultural cultivation classes (highlight for the coffee plantation) were the most expressive. The APPs hilltop and water courses had greater participation in area. However, was observed a decrease in the percentage of APPs hilltops in scenario 2, delimited according to the parameters established by the new brazilian forest code. It was observed that more than 50% of the areas destined to APP are being used for other purposes. Soil loss estimates revealed a significant change in amount of soil loss among the evaluated scenarios. This result corroborates the importance of forest cover as an attenuating factor of soil degradation.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7650
Aparece nas coleções:PPGCF - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_10572_Dissertação GISELLE 2017-Final.pdf18.66 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.