Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7664
Título: Ergonomia e segurança em atividades extrativistas no estado do Acre
Autor(es): Nascimento, Timóteo Paladino Marques
Orientador: Fiedler, Nilton César
Palavras-chave: Processo produtivo
Unidades de conservação
Condições de trabalho
Production process
Conservation units
Working conditions
Data do documento: 25-Jul-2017
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: A ergonomia é a ciência que estuda a adaptação do trabalho ao homem, tendo como objetivo a melhoria das condições de saúde, segurança e bem estar do trabalhador. Apesar de existirem diversos estudos de ergonomia em vários setores, ao que tange atividades extrativistas, ainda são poucas as informações obtidas. Esta pesquisa teve como objetivo analisar e compreender as condições de trabalho, saúde e segurança das atividades na coleta e transporte de castanha e açaí na Reserva Extrativista Cazumbá - Iracema no Estado do Acre, a fim de propor sugestões à referida categoria a partir da análise dos fatores ergonômicos. As variáveis analisadas foram os fatores humanos, ambientais (clima e iluminação), carga física, posturas adotadas e o manuseio de cargas. Foram avaliados ao total 40 trabalhadores. De acordo com os resultados, os trabalhadores tinham idade média de 35 anos, peso médio de 69 kg, baixo índice de analfabetismo (2,3%), de origem predominantemente rural (94,1%), tendo um consumo alto de bebidas alcoólicas (49%) e tabaco (15%). A maioria dos trabalhadores já tiveram acidentes em suas atividades. A exposição ao calor e a iluminância foram considerados elevados e inadequados entre os horários de 12 e 13:30 horas. A carga física foi considerada moderadamente pesada na maioria das operações, destacando-se o transporte de castanha e a coleta do açai, sendo considerados pesados. As posturas mais prejudiciais foram observadas na coleta do açaí e no transporte de castanha. O manuseio de cargas apresentou alto risco de lesão nas atividades de transporte de castanha. Para melhoria das condições de trabalho, saúde, bem estar e segurança, deve haver uma conscientização a fim de diminuir os vícios e fiscalização para que haja o uso devido dos equipamentos de proteção individual. Ainda assim, os trabalhadores devem ser treinados e conscientizados para utilizar medidas adequadas de controle onde os níveis de exposição a iluminância são elevados. Também necessita-se de adoção de tempo de repouso por hora efetiva de trabalho nas atividades de coleta do açaí e transporte de castanha. A fim de evitar danos a coluna do trabalhador, é necessário a adoção de pausas durante as atividades de coleta e transporte de ambas as cadeias analisadas. E com relação ao manuseio de cargas é necessária uma reorganização ergonômica a fim de reduzir o peso manuseado para execução da atividade de transporte de castanha.
The science that studies the adaptation of work to man is known as ergonomics, which aims to improve the health, safety and well-being of the worker. Although there are several studies of ergonomics in various sectors, with regard to extractive activities, there is still little information obtained. The objective of this research was to analyze and understand the conditions of work, health and safety of activities in the collection and transportation of the nut and açaí chains in the Cazumbá - Iracema Extractive Reserve in the State of Acre, in order to propose practical solutions to the said category from Analysis of ergonomic factors. The variables analyzed were the human, environmental (climate and lighting) factors, physical load, adopted postures and the handling of loads. A total of 40 workers were evaluated. According to the results, the workers had a mean age of 35 years, mean weight of 69 kg, with a low illiteracy rate (2.3%), predominantly rural origin (94.1%), high consumption of beverages Alcoholic (49%) beverages and tobacco (15%). Most of the workers have already had accidents in their activities. Exposure to heat and illuminance were considered high and inadequate between the hours of 12 and 13:30 hours. The physical load was considered moderately heavy in the majority of the operations, especially the transport of chestnut and the collection of the açai, being considered heavy. The most damaging postures were observed in açaí and chestnut transport. The handling of loads presented a high risk of injury in the transport activities of chestnuts. In order to improve working conditions, health, well-being and safety, there should be awareness in order to reduce addictions and control for proper use of personal protective equipment. Even so, workers should be trained and conscientized to use adequate control measures where levels of exposure to illuminance are high. It is also necessary to adopt rest time per effective working hour in the activities of açaí collection and transport of nuts. In order to avoid damage to the worker's spine, it is necessary to adopt pauses during the collection and transport activities of both chains analyzed. And with regard to the handling of loads an ergonomic reorganization is necessary in order to reduce the weight handled to carry out the transport activity of chestnut.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7664
Aparece nas coleções:PPGCF - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_11164_Dissertação TIMÓTEO 2017-Final.pdf1.75 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.