Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7669
Título: EFEITO DE BIOPARTÍCULAS DE SÍLICA OBTIDAS DE CASCA DE ARROZ NO TRATAMENTO DA MADEIRA DE Pinus elliottii
Autor(es): NICACIO, M. A.
Orientador: PAES, J. B.
Palavras-chave: 1
Madeira - Pesquisa
2
Pinheiro
3
Fungos da madeira
4
Data do documento: 31-Jul-2017
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: NICACIO, M. A., EFEITO DE BIOPARTÍCULAS DE SÍLICA OBTIDAS DE CASCA DE ARROZ NO TRATAMENTO DA MADEIRA DE Pinus elliottii
Resumo: Produtos de origem renovável podem garantir a sustentabilidade ambiental, a saúde humana, e diminuir a utilização de produtos tradicionais que possuem compostos tóxicos na sua formulação. Diante disso a pesquisa teve como objetivo avaliar a resistência biológica da madeira de Pinus elliottii contra fungos e cupins xilófagos por meio de impregnação com biopartículas de sílica (SiO2) obtidas da casca de arroz. Para a obtenção da sílica o material passou por tratamento químico, dois ciclos de lixiviação ácida com ácido clorídrico, e tratamento térmico de 500, 550 ou 600ºC. A pureza da sílica obtida foi caracterizada por fluorescência de Raios-X, e o tamanho médio das partículas por microscopia eletrônica de varredura - MEV. O SiO2 foi aplicado nos corpos de prova nas concentrações de 0,5, 1,0 e 2,0% e as amostras impregnadas submetidas aos ensaios com fungos de podridão parda (Gloeophyllum trabeum, Postia placenta e Neolentinus lepideus), podridão mole e a cupins xilófagos (Nasutitermes corniger e Cryptotermes brevis). Os tratamentos térmicos promoveram a obtenção de biopartículas de elevada pureza, com valor médio de aproximadamente 90% e diâmetro médio de 263,7 nm. No ensaio de térmitas, as menores perdas de massa e desgaste foram para as amostras impregnadas. A mortalidade dos cupins aumentou com o incremento da concentração das soluções. O SiO2 não apresentou eficiência contra os fungos xilófagos, sem diferença entre os tratamentos e as testemunhas, indicando que resistência observada foi inerente da própria madeira. Palavras-chave: Durabilidade da madeira, tratamento alternativo, biossílica.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7669
Aparece nas coleções:PPGCF - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_11254_Dissertação MARCOS NICACIO 2017-FINAL.pdf2.48 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.