Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7675
Título: Análise de fatores ergonômicos em uma fábrica de móveis planejados no Sul do Espírito Santo
Autor(es): Jucá, Fábio Larcerda
Orientador: Minette, Luciano José
Coorientador: Souza, Amaury Paulo de
Palavras-chave: Saúde ocupacional
Indústria moveleira
Condições de trabalho
Occupational health
Furniture industry
Working conditions
Data do documento: 16-Fev-2018
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: O setor moveleiro é responsável por um elevado número de afastamentos causados por doenças e acidentes de trabalho. Esta pesquisa teve como objetivo geral realizar uma avaliação ergonômica da fabricação de móveis planejados no sul do Estado do Espírito Santo, visando a melhoria na saúde, bem-estar, segurança, conforto e produtividade dos trabalhadores. A coleta de dados foi realizada em uma fábrica de móveis planejados localizada no município de Iúna, no sul do Espírito Santo, entre maio e agosto de 2017. A população foi constituída por dez trabalhadores do sexo masculino com média de idade de 32 anos, todos envolvidos diretamente no processo de produção dos móveis. Foram avaliados os fatores humanos e as condições de trabalho, fatores ambientais (temperatura, iluminância e ruído), análise biomecânica e os riscos de Lesões por Esforços Repetitivos/Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (LER/DORT). Os trabalhadores não recebiam orientação com relação a ergonomia e segurança do trabalho, e todos afirmaram não utilizar equipamentos de proteção individual. Quanto ao ambiente térmico, o valor de IBUTG médio foi de 19,7, sendo perfeitamente tolerado por um trabalhador durante as 8 h de jornada de trabalho para essa atividade moderada, segundo a Norma Regulamentadora 15 do Ministério do Trabalho. Os níveis de ruído encontrados foram superiores aos limites recomendados para uma jornada de 8 horas de trabalho. A iluminação média na fábrica de móveis foi de 151,4 lux, considerada totalmente deficiente para o ambiente. Na biomecânica, nas fases 2 (posicionamento da chapa de MDF na máquina) e 3 (retirada da chapa de MDF da máquina), os valores encontrados referentes a riscos para compressão do disco vertebral L5-S1, ficaram acima dos limites recomendados para a atividades de fabricação de móveis. Para a atividade de fabricação de móveis, esta foi classificada como de alto risco para LER/DORT. O valor encontrado indica que se não for modificado o modo e ritmo de trabalho, existe grande possibilidade desses trabalhadores adquirirem LER/DORT. Palavras-chave: Saúde ocupacional, Indústria moveleira, Condições de trabalho.
The furniture sector is responsible for a large number of leave caused by diseases and accidents at work. The objective of this research was to carry out an ergonomic evaluation of the furniture fabrication planned in the southern state of Espírito Santo, aiming to improve workers' health, well-being, safety, comfort and productivity. Data collection was carried out in a planned furniture factory located in the municipality of Iúna, in the south of Espírito Santo, between May and August 2017. The population consisted of ten male workers with a mean age of 32 years, all directly involved in the furniture production process. Human factors and working conditions, environmental factors (temperature, luminance and noise), biomechanical analysis and the risks of Repetitive Strain Injuries/Work Related Musculoskeletal Disorders (RSI/MSDs) were evaluated. The workers received no guidance regarding ergonomics and work safety, and all stated that they did not use personal protective equipment. As for the thermal environment, the average IBUTG value was 19.7, being perfectly tolerated by a worker during the 8 hours of work for this moderate activity, according to Regulatory Norm 15 of the Ministry of Labor. The noise levels found were higher than the recommended limits for an 8-hour working day. The average lighting in the furniture factory was 151.4 lux, considered to be totally deficient for the environment. In biomechanics, in phases 2 (positioning of the MDF plate in the machine) and 3 (removal of the MDF plate from the machine), the values found regarding risks for compression of the vertebral disc L5-S1, were above the limits recommended for the activities of furniture manufacturing. For the furniture manufacturing activity, this was classified as high risk for RSI/MSDs. The value found indicates that if the mode and pace of work is not modified, there is a strong possibility that these workers will acquire RSI/MSDs.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7675
Aparece nas coleções:PPGCF - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_11759_Dissertação FÁBIO JUCÁ 2018-Final.pdf1.99 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.