Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7702
Título: BALANÇO DA EMISSÃO DE GASES CARBÔNICOS NAS OPERAÇÕES FLORESTAIS E SEQUESTRO DE CARBONO EM FLORESTAS PLANTADAS NO ESPÍRITO SANTO
Autor(es): CARMO, F. C. A.
Orientador: FIEDLER, N. C.
Palavras-chave: 1
Florestas
2
Reflorestamento
3
Madeira
4
Gases estuf
Data do documento: 25-Nov-2016
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: CARMO, F. C. A., BALANÇO DA EMISSÃO DE GASES CARBÔNICOS NAS OPERAÇÕES FLORESTAIS E SEQUESTRO DE CARBONO EM FLORESTAS PLANTADAS NO ESPÍRITO SANTO
Resumo: CARMO, Flávio Cipriano de Assis. BALANÇO DA EMISSÃO DE GASES CARBÔNICOS NAS OPERAÇÕES FLORESTAIS E SEQUESTRO DE CARBONO EM FLORESTAS PLANTADAS NO ESPÍRITO SANTO. 2016. Tese (Doutorado em Ciências Florestais) Universidade Federal do Espírito Santo, Jerônimo Monteiro-ES. Orientador: Prof. Dr. Nilton César Fiedler. Coorientadores: Prof. Dr. Christiano Jorge Gomes Pinheiro e Prof. Dr. Amaury Paulo de Souza. Com o surgimento dos projetos de Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL), várias empresas do setor florestal estão sendo estimuladas a desenvolver projetos com técnicas de produção que reduzam as emissões dos gases de efeito estufa, visando um aumento de renda, por meio da comercialização de créditos de carbono. Assim objetivou-se com esta pesquisa quantificar a concentração de gases que são emitidos durante o funcionamento das máquinas e veículos nas atividades de produção florestal visando realizar um balanço de sequestro de carbono pela floresta. Nesta pesquisa, para a quantificação de gases e opacidade, foram avaliadas 85 máquinas de motores a diesel utilizados no setor florestal, sendo responsáveis pela execução das atividades de silvicultura, colheita florestal, transporte florestal, administração, proteção, construção e manutenção de estradas. De acordo com os resultados obtidos na pesquisa, pode-se concluir que a atividade que emitiu maior quantidade de carbono para a atmosfera foi a de transporte florestal com aproximadamente 335 kgC.ha-1 (cerca de 56% da emissão total das atividades florestais), seguido da colheita florestal com 197,91 kgC.ha-1 (32,98 % do total emitido), silvicultura com 53,26 kgC.ha-1 (8,88% do total emitido), construção e manutenção de estradas com 11,18 kgC.ha-1 (1,86 % do total emitido) e a atividade de administração e proteção teve a menor emissão por hectare (2,86 kgC.ha-1 aproximadamente 0,5% do total emitido). Para o balanço de carbono, verificou-se que as florestas plantadas sequestram em torno de 42 toneladas de carbono por hectare, sendo que para seu desenvolvimento, colheita e transporte da madeira é emitido aproximadamente 600 kgC.ha-1 (1,43% do total sequestrado pela floresta). Em relação a emissão de opacidade, verificou-se que somente 4,71% das máquinas analisadas encontraram-se fora dos limites permitidos pela legislação vigente (CONAMA 418/09).
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7702
Aparece nas coleções:PPGCF - Teses de doutorado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_10423_Tese Flavio Cipriano 2016.pdf1.57 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.