Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7751
Título: Helmintofauna de Chelonia mydas (Linnaeus, 1758) no sul do Estado do Espírito Santo e descrições de lesões teciduais.
Autor(es): Binoti, Érika
Orientador: Martins, Isabella Vilhena Freire
Coorientador: Boeloni, Jankerle Neves
Palavras-chave: Helmintos
Tartarugas marinhas
Trematodas
Helminths
Sea turtles
Flukes
Data do documento: 9-Fev-2015
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Dentre as espécies de tartarugas marinhas existentes, todas estão classificadas em algum grau de extinção, inclusive as cinco espécies que ocorrem na costa brasileira. As ameaças são várias, incluindo a ação antrópica, e dentre as enfermidades que as fazem aparecer mortas ou debilitadas nas praias, está o parasitismo. Devido a falta de conhecimento acerca dos patógenos que acometem esses animais, objetivou-se com este estudo avaliar a helmintofauna das tartarugas marinhas da espécie Chelonia mydas que vieram a óbito no litoral Sul do Estado do Espírito Santo e descrever as lesões teciduais nos animais parasitados. Foi realizado um estudo retrospectivo utilizando 212 fichas das tartarugas que foram necropsiadas. E um estudo prospectivo, onde das 212 tartarugas, 50 parasitadas foram selecionadas para coleta de amostras de parasitos, e 16 para coleta de amostra de tecidos. Um total de 106 tartarugas apresentou uma ou mais espécies de parasitos. Foram identificados 21 espécies diferentes e um gênero de trematódeos distribuídos em nove famílias. Dentre as espécies identificadas, três delas são relatadas pela primeira vez na costa brasileira, Deuterobaris intestinalis, Enodiotrema reductum e Rhytidodoides similis. Não houve associação significativa do parasitismo com os animais debilitados. Dos tecidos avaliados no exame histopatológico, foram observados ovos de trematódeos, associados ou não a células gigantes, em vários órgãos, principalmente em baço e pulmões. No entanto, as lesões por ovos não foram relacionadas à debilidade ou morte dos animais e não foi possível afirmar que os ovos pertenciam à família Spirorchiidae, devido as lesões serem crônicas e os parasitos adultos desta família não terem sido encontrados em todos os animais que apresentaram os ovos nos tecidos. Estes resultados contribuem de forma importante para o conhecimento da fauna helmintológica das tartarugas marinhas da costa do Espírito Santo.
Among the species of sea turtles that exist, all are classified under some degree of extinction, including the five species that occur along the Brazilian coast. The threats are many, including the anthropic action, and one of the illnesses that make them appear dead or weakened on the beaches, is the parasitism. Due to lack of knowledge about the pathogens that affect these animals, the objective of this study to evaluate the helmintofauna of sea turtles Chelonia mydas who came to death in the southern coast of the State of Espírito Santo and describe tissue lesions in animals parasitised. We conducted a retrospective study using 212 chips of turtles that were necropsiadas. And a prospective study, where the 212 turtles, 50 arasitized were selected for gathering samples of parasites, and 16 for sample collection of fabrics. A total of 106 turtles presented one or more species of parasites. 21 different species have been identified and a genus of flukes spread across nine families. Among the species identified, three of them are reported for the first time in the Brazilian coast, Deuterobaris intestinalis, Enodiotrema reductum and Rhytidodoides similis. There was no significant association of parasitism with debilitated animals. The tissue assessed in histopathological examination, although eggs have been observed, associated or not to giant cells in various organs, mainly in spleen and lungs. However, the lesions by eggs were not related to weakness or death of animals and it was not possible to say that the eggs belonged to Spirorchiidae family, due to chronic injuries and the adult parasites of this family have been found in all animals presented the eggs in the tissues. These results contribute so important for the knowledge of the helmintológica fauna of sea turtles off the coast of Espírito Santo
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7751
Aparece nas coleções:PPGCV - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_7261_Érika Binoti.pdf2.43 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.