Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7781
Título: TRATAMENTO CLÍNICO DA LEISHMANIOSE TEGUMENTAR AMERICANA CANINA COM FURAZOLIDONA E DOMPERIDONA
Autor(es): PASSOL, S. R.
Orientador: ZANINI, M. S.
Palavras-chave: cães
Leishmania
tratamento
Data do documento: 14-Mar-2014
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: PASSOL, S. R., TRATAMENTO CLÍNICO DA LEISHMANIOSE TEGUMENTAR AMERICANA CANINA COM FURAZOLIDONA E DOMPERIDONA
Resumo: A Leishmaniose Tegumentar Americana (LTA ) é um problema de saúde pública em países da América subtropical. A eutanásia de cães infectados não é obrigatória como na leishmaniose visceral, e o tratamento desses animais com fármacos utilizados para tratamento humano da leishmaniose é proibido. Objetivou-se com o presente estudo avaliar a eficácia do tratamento com furazolidona e domperidona em cães sintomáticos para LTA causada por Leishmania (Viannia) braziliensis. A confirmação da infecção foi realizada por cultura do parasita a partir de amostra de tecido coletada da borda da lesão e PCR de amostra da cultura. Após um período de adaptação de 60 dias, os animais foram divididos em grupo controle (n = 4) e grupo tratado (n = 8). O grupo tratado recebeu furazolidona durante 21 dias, intercalada com domperidona durante 10 dias. Os cães que não mostraram remissão da lesão durante este período receberam novamente o mesmo ciclo de tratamento até um total de 93 dias. Entre os oito animais tratados, sete (87,5%) apresentaram remissão da ferida após o tratamento. O animal que não obteve cura clínica apresentou redução de medidas da lesão 93 dias de tratamento. Todos os animais foram observados durante 12 meses após o início da administração dos fármacos. Não observou-se recidiva de lesões nos animais em que houve sua remissão ou autocura nos animais do grupo controle durante este período. Nossos dados sugerem que o tratamento com furazolidona e domperidona é eficaz para o tratamento das lesões de cães sintomáticos para LTA causada por L. (V.) braziliensis.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7781
Aparece nas coleções:PPGCV - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_8418_Stela Rechinelli Passos20150320-144338.pdf781.3 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.