Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7841
Título: Crescimento de mudas Coffea arabica L. em substrato com lodo de esgoto e avaliação de sua toxidade
Autor(es): Gouvêa, Glaucia de Mello Cunha
Orientador: Souza, Tatiana da Silva
Coorientador: Cunha, Glaucio de Mello
Palavras-chave: Crescimento inicial
Biossólido
Genotoxicidade
Mutagenicidade
Initial growth
Biosolids
Genotoxicity
Mutagenicity
Data do documento: 30-Ago-2016
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: O tratamento do esgoto doméstico tem ocasionado a produção de grande quantidade de resíduo sólido, o lodo de esgoto, sendo uma problemática ambiental. Por ser fonte de nutrientes essenciais para o desenvolvimento de plantas de interesse agronômico é, sem dúvida uma das melhores alternativas para sua disposição final. Todavia, a reciclagem do lodo de esgoto deve ocorrer de forma segura à população e ao ambiente, uma vez que o resíduo pode conter compostos orgânicos e inorgânicos, como os metais pesados tóxicos, além de patógenos. Objetivou-se com este estudo analisar o crescimento de mudas de Coffea arabica L. no substrato composto com lodo de esgoto higienizado bem como o potencial citotóxico, genotóxico e mutagênico do lodo por meio do bioensaio de toxicidade genética em Allium cepa. O experimento foi conduzido em condições de viveiro. Os substratos utilizados foram: solo (Horizonte B argissolo) nas proporções de 85% para o tratamento T1 acrescido de 15% de esterco bovino, 85% para o tratamento T2 com adição de 15% de lodo de esgoto higienizado, 70% para o tratamento T3 acrescido de 30% de lodo esgoto higienizado, 55% para o tratamento T4 acrescido de 45% de lodo de esgoto higienizado e 40% para o tratamento T5 acrescido de 60% de lodo de esgoto higienizado, perfazendo cinco tratamentos com seis repetições. Foram avaliadas variáveis de crescimento após o período de formação das mudas e, posteriormente, foi realizada a análise de toxicidade dos substratos em células meristemáticas radiculares de Allium cepa, sendo que 5.000 células foram analisadas por tratamento de contato direto e solubilizados das amostras e controles. Todas as variáveis foram afetadas negativamente a partir do incremento de lodo de esgoto higienizado. Os tratamentos com lodo de esgoto por contato direto apresentaram efeito citotóxico, genotóxico e mutagênico. Os tratamentos com lodo de esgoto solubilizado apresentaram efeito genotóxico. O uso de lodo de esgoto higienizado em substratos para formação das mudas de café não foi eficiente por motivos de toxicidade, não favorecendo o seu crescimento.
The treatment of domestic sewage has caused the production of large quantities of solid waste, sewage sludge, being an environmental problem. Being source of essential nutrients for the development of agronomic interest plants is undoubtedly one of the best alternatives for final disposal. However, recycling of sewage sludge is safely occur to people and the environment since the waste can contain organic and inorganic compounds, such as toxic heavy metals, and pathogens. The objective of this study to analyze the growth of Coffea arabica L. seedlings in the substrate compound sewage sludge sanitized and the potential cytotoxic, genotoxic and mutagenic sludge through genetic toxicity bioassay Allium cepa. The experiment was conducted in greenhouse conditions. The substrates used were: soil (Horizon B ultisol) in 85% proportions for the treatment T1 plus 15% of cattle manure, 85% for T2 treatment with addition of 15% sanitized sewage sludge, 70% for treatment T3 plus 30% of sanitized sewage sludge, 55% for T4 treatment plus 45% of sanitized sewage sludge and 40% for T5 treatment plus 60% of sanitized sewage sludge, comprising five treatments with six replications. Growth variables were measured after the period of seedlings formation and subsequently the substrates. Toxicity analyzes were performed in root meristem cells of Allium cepa, with 5.000 cells were analyzed by direct contact treatment and solubilized samples and controls. All variables were negatively affected from the sewage sludge increment sanitized. The treatments with sewage sludge by direct contact showed cytotoxic, genotoxic and mutagenic effect. Treatments with solubilized sewage sludge showed genotoxic effect. The use of sewage sludge sanitized substrates for the formation of coffee seedlings was not efficient for reasons of toxicity, not favoring their growth
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7841
Aparece nas coleções:PPGGM - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_10263_Dissertação Final Glaucia Cunha de Mello.pdf1.43 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.