Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7860
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorCola, Geovana Poton Arcobeli-
dc.date.accessioned2018-08-01T22:57:40Z-
dc.date.available2018-08-01-
dc.date.available2018-08-01T22:57:40Z-
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/7860-
dc.publisherUniversidade Federal do Espírito Santopor
dc.titleReconhecimento parental e plasticidade fenotípica em duas cultivares de milho em resposta à competição intraespecíficapor
dc.typedoctorThesiseng
dc.subject.udc631.523-
dc.subject.br-rjbnPlantas - Melhoramento genéticopor
dc.subject.br-rjbnGenética vegetalpor
dc.subject.br-rjbnMilhopor
dcterms.abstractOs cultivos agrícolas são normalmente estabelecidos em sistema de monocultivo, sob adequada disponibilidade hídrica e nutricional, manejo intensivo de plantas daninhas e elevada densidade de plantas altamente relacionadas, como forma de obtenção de altos rendimentos. Essas condições podem ter potencializado a capacidade de reconhecimento parental em plantas cultivadas. Diante do exposto, o objetivo desse trabalho foi avaliar a capacidade de reconhecimento parental e a plasticidade fenotípica em duas cultivares de milho (Zea mays L.) em resposta à competição intraespecífica. Para tal, dois genótipos de milho contratantes quanto ao grau de domesticação (Híbrido e Crioula), foram cultivadas com plantas vizinhas de diferentes graus de parentesco [tratamento entre indivíduos meio-irmão, da população e estranhos (entre cultivares)] e tiveram o crescimento e características morfológicas, fisiológicas e bioquímicas avaliadas. A cultivar Híbrido apresentou um comportamento de reconhecimento parental evitando a competição entre plantas que compartilham algum grau de parentesco, enquanto sob competição com vizinho estranhos respondeu a competição, alterando o padrão de alocação de biomassa, apresentando maior alocação ás raízes em comparação a colmo e folha. Um menor investimento também foi observado em estruturas morfológicas, como altura e, uma maior concentração de clorofila a e total foi observada para a cultivar Híbrido, quando sob competição com indivíduos estranhos. A cultivar Crioula por sua vez, apresentou um mesmo padrão de alocação de biomassa, estruturas morfológicas e fisiológicas entre os tratamentos. Para as variáveis bioquímicas, quando sob competição com indivíduos meio-irmão e da população, as plantas da cultivar Crioula mostraram investir recursos para produção de metabólitos secundários, sugerindo que as respostas de reconhecimento de identidade em espécies de culturas não melhoradas podem envolver alterações metabólicas na planta. Logo, a cultivar Crioula apresentou baixa plasticidade fenotípica em atributos de crescimento, morfológico e fisiológicos em relação à competição intraespecífica e a cultivar Híbrido, em função da maior capacidade de reconhecimento parental, apresentou maior plasticidade fenotípica em atributos relacionados ao crescimento e morfologia.por
dcterms.abstractAgricultural crops are normally established in monocultures, with proper distribution of water and nutrients, intensive weed managing and a high number of closely related plants, as a way of obtaining higher yields. Such conditions may have increased the capacity of kin recognition in cultivated plants. In view of the above, the aim of this study was to evaluate the kin recognition capacity and the phenotypic plasticity in two maize cultivars (Zea mays L.) in response to the intraspecific competition. For that purpose, two contrasting maize genotypes in terms of levels of domestication (‘Híbrido’ and ‘Crioula’) were cutivated with neighboring plants of different degrees of kinship [treatment between half-sibling, population and strangers (between cultivars)] for an evaluation of their growth and morphological, physiological and biochemical characteristics. The “Hibrido” cultivar presented kin recognition behavior, avoiding competition between related plants, nevertheless presenting competitive behavior when submitted to competition with nonrelated neighbors, altering its pattern of biomass allocation, presenting greater allocation to the roots in comparison to culm and leaf. A lower investment was also observed in morphological structures such as height and, a higher concentration of chlorophyll a and total was observed for “Hibrido” cultivar, when under competition with strangers individuals. The “Crioula” cultivar, on the other hand, presented the same pattern of biomass allocation, morphological structures and physiological between different treatments. For biochemical variables, when under competition with half-sibling individuals and the population, the plants of the cultivar 'Crioula' showed to invest resources for the production of secondary metabolites, suggesting that identity recognition responses on species of unimproved crops may involve metabolic changes in the plant. Therefore, the cultivar 'Crioula' presented low phenotypic plasticity in growth, morphological and physiological attributes in relation to intraspecific competition. Physiological and Growth characteristics were not affected by kin recognition for the ‘Crioula’ cultivar, which showed low phenotypic plasticity in the competition among individuals intraspecific. Due to its higher kin recognition capacity, the “Hibrido” cultivar presented more elevated phenotypic plasticity in attributes related to growth and morphologyeng
dcterms.creatorCola, Geovana Poton Arcobeli-
dcterms.formatTexteng
dcterms.issued2017-02-24-
dcterms.languageporpor
dcterms.subjectPlantseng
dcterms.subjectGenetic improvementeng
dcterms.subjectPlant geneticseng
dcterms.subjectMaizeeng
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Genética e Melhoramentopor
dc.publisher.initialsUFESpor
dc.subject.cnpqMelhoramento Vegetalpor
dc.publisher.courseDoutorado em Genética e Melhoramentopor
dc.contributor.refereeOliveira, Fábio Luiz de-
dc.contributor.refereeGarbin, Mário Luiz-
dc.contributor.refereeSoares, Taís Cristina Bastos-
dc.contributor.advisor-coAmaral, José Augusto Teixeira do-
Aparece nas coleções:PPGGM - Teses de doutorado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_8334_Tese Final Geovana Poton Arcobeli Cola.pdf1.18 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.