Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7907
Título: O CLORETO DE TRIBUTILESTANHO DESREGULA O EIXO HIPOTALÂMICO-HIPOFISÁRIO-ADRENAL EM DIFERENTES NÍVEIS EM RATAS
Autor(es): MERLO, E.
Orientador: GRACELI, J. B.
Coorientador: LIMA, L. C. F.
Data do documento: 12-Set-2017
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: MERLO, E., O CLORETO DE TRIBUTILESTANHO DESREGULA O EIXO HIPOTALÂMICO-HIPOFISÁRIO-ADRENAL EM DIFERENTES NÍVEIS EM RATAS
Resumo: O cloreto de tributilestanho (TBT) é um contaminante ambiental que é utilizado como biocida em tintas anti-incrustantes. Foi demonstrado que o TBT induz efeitos de desregulação endócrina. No entanto, os estudos que avaliam os efeitos do TBT no eixo hipotálamo-hipófise-adrenal (HPA) são especialmente raros. O presente estudo demonstra que a exposição ao TBT é criticamente responsável pela função imprópria do eixo HPA de mamíferos, bem como o desenvolvimento de morfologia anormal na glândula pituitária e adrenal. Ratas fêmeas foram tratadas com TBT e a morfofisiologia do eixo HPA foi avaliada. CRH alto, baixa expressão de ACTH e altos níveis plasmáticos de corticosterona foram detectados em ratos TBT. Além disso, o TBT aumenta a expressão da proteína iNOS no hipotálamo de ratos. Anormalidades morfofisiológicas, incluindo inflamação, um balanço redox celular alterado, apoptose e deposição de colágeno nas glândulas pituitária e adrenal, além de aumento na adiposidade e expressão proteica de PPARγ na adrenal, foram observadas em ratos TBT. Juntos, estes dados fornecem evidências in vivo de que TBT leva à dissociação funcional entre CRH, ACTH e corticosterona, que poderia ser associado a inflamação e aumento da expressão de iNOS no hipotálamo. Assim, o TBT exerce efeitos tóxicos em diferentes níveis na função do eixo HPA.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7907
Aparece nas coleções:PPGCF - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_11403_Dissertação Eduardo Merlo20171017-105644.pdf3.2 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.