Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8020
Título: Níveis de BDNF no córtex pré-frontal de ratos submetidos à estimulação epidural por corrente contínua (EECC) de baixa intensidade
Autor(es): Custodio, Juliana Cardoso de Souza
Orientador: Palacios, Ester Miyuki Nakamura
Coorientador: Figueiredo, Suely Gomes de
Data do documento: 20-Fev-2017
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: CUSTÓDIO, Juliana Cardoso de Souza. Níveis de BDNF no córtex pré-frontal de ratos submetidos à estimulação epidural por corrente contínua (EECC) de baixa intensidade. 2017. 138 f. Tese (Doutorado em Ciências Fisiológicas) - Programa de Pós-Graduação em Ciências Fisiológicas, Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2017.
Resumo: O sistema nervoso (SN) possui habilidade para modificar sua organização morfofuncional em resposta a mudanças internas ou demandas externas. Essa capacidade adaptativa constitui o que chamamos de plasticidade cerebral. O fator neurotrófico derivado do cérebro, conhecido como BDNF tem atraído considerável atenção na literatura científica, pelo seu envolvimento em processos cruciais de desenvolvimento e regulação do sistema nervoso, entretanto, muitos aspectos desta molécula são ainda desconhecidos. Sabe-se que diferentes protocolos utilizando estimulação cerebral já mostraram efeitos positivos sobre a cognição e melhora da função cortical, e o BDNF pode estar potencialmente envolvido nesse processo. Objetivo: Investigar as modificações nos níveis de BDNF no Córtex pré-frontal medial (CPFm) de ratos adultos submetidos a modulação cortical aguda e crônica com diferentes polaridades, através da estimulação epidural por corrente contínua de baixa intensidade. Método: Neste estudo randomizado, os animais receberam eDCS (400 μA) anódica ou catódica, durante uma única sessão, ou ao longo de 5 dias consecutivos. Os níveis de BDNF e suas isoformas foram avaliados no CPF através da técnica de western blot. Resultados: Nossos resultados demonstraram que a eDCS anódica - aplicada de forma aguda na intensidade de 400 μA levou a uma redução imediata na expressão de BDNF, e interferiu na formação do BDNF maduro, porém houve recuperação rápida (aos 30 minutos) deste último, aparentemente às custas de uma maior conversão a partir do pró-BDNF, já que houve uma redução persistente desta isoforma. A eDCS catódica aguda na mesma intensidade também levou a uma redução, nos níveis de BDNF, porém diferente do grupo anódico, esta redução foi mantida por pelo menos 30 minutos pós-eDCS. A eDCS anódica aplicada ao longo de 5 dias, promoveu um aumento nos níveis de ambas as formas de BDNF no CPF dos animais em relação aos grupos sham e eDCS catódico. Esse aumento foi significativo em relação aos níveis de pró-BDNF, tendo essa tendência se mantido em relação ao BDNF maduro. Conclusão: Nosso estudo demonstrou que a eDCS na intensidade de 400 μA é capaz de modular os níveis de BDNF, e seus efeitos são específicos para cada polaridade e número de sessões aplicadas.
The nervous system (NS) has the ability to modify its morphofunctional organization in response to internal changes or external demands, This adaptive capacity constitutes brain plasticity. Brain-derived neurotrophic factor known as BDNF has attracted considerable attention in the scientific literature for its involvement in crucial processes of nervous system development and regulation, however, many aspects of this molecule are still unknown. It is known that different protocols using brain stimulation have already shown positive effects on cognition and cortical function improvement, and BDNF may be potentially involved in this process. Objective: To investigate the changes in BDNF levels in the medial prefrontal cortex (CPFm) of adult rats undergoing acute and chronic cortical modulation with different polarities, through lowintensity DC epidural stimulation.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8020
Aparece nas coleções:PPGCF - Teses de doutorado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_10753_Tese Juliana Cardoso de Souza Custodio20170306-75152.pdf2.02 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.