Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8023
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorBissoli, Nazaré Souza-
dc.date.accessioned2018-08-01T22:59:11Z-
dc.date.available2018-08-01-
dc.date.available2018-08-01T22:59:11Z-
dc.identifier.citationNASCIMENTO, Andrews Marques do. Tratamento crônico com decanoato de nandrolona promove remodelamento cardíaco e alteração da função ventricular esquerda em ratas: papel dos moduladores intracelulares de Ca2+. 2017. 114 f. Tese (Doutorado em Ciências Fisiológicas) - Programa de Pós-Graduação em Ciências Fisiológicas, Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2017.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/8023-
dc.publisherUniversidade Federal do Espírito Santopor
dc.titleTratamento crônico com decanoato de nandrolona promove remodelamento cardíaco e alteração da função ventricular esquerda em ratas: papel dos moduladores intracelulares de Ca2+por
dc.typedoctoralThesiseng
dc.subject.udc612-
dc.subject.br-rjbnCoração - Doenças - Tratamentopor
dc.subject.br-rjbnCoração - Ventrículospor
dc.subject.br-rjbnRato como animal de laboratóriopor
dcterms.abstractO uso dos esteróides anabólicos androgênicos (EAA) tem crescido consideravelmente nas últimas décadas, sendo utilizada tanto por homens como por mulheres, com redução significativa na idade inicial destes utilizadores. O uso abusivo e indiscriminado destes hormônios acarreta alterações cardiovasculares, como hipertrofia cardíaca associada com deposição de colágeno, considerada patológica. Este remodelamento cardíaco causado pelos EAA pode desencadear hipertensão, insuficiência cardíaca congestiva, cardiomiopatia, arritmias e até morte súbita. O uso de EAA é geralmente realizado em associação com o exercício físico, que isoladamente promove efeitos cardiovasculares benéficos, todavia em associação perde-se o efeito benéfico do exercício, com a ocorrência de adaptações cardiovasculares desfavoráveis e função ventricular comprometida, especialmente função diastólica, fibrose miocárdica e desarranjo de cardiomiócitos. Além disso, pouco se sabe sobre os efeitos cardiovasculares dessas drogas no sexo feminino. Este trabalho objetiva avaliar os efeitos do decanoato de nandrolona (DN) e do exercício físico resistido sobre a contratilidade cardíaca em ratas. Os animais foram separados em quatro grupos: C (não treinados); CE (submetidos a exercício físico resistido em água, cinco vezes por semana); ND (tratados com DN, 20 mg/kg/semana durante quatro semanas); e NDE (treinados e tratados). Os parâmetros hemodinâmicos (+dP/dtmáx, -dP/dtmin e Tau) foram avaliados no ventrículo esquerdo. O coração foi coletado para análise histológica (H&E) e deposição de colágeno (picrosírius red). A análise da expressão das proteínas relacionadas com o transiente de Ca2+ citosólico foi realizada pelo método de Western blot. Os animais tratados com DN e os animais submetidos ao treinamento físico resistido apresentaram aumento na contratilidade e relaxamento cardíaco. Além disso, o DN promoveu aumento na expressão da fosfolambam fosforilada (p-PLB) e isoforma do retículo sarcoplasmático ATPase 2 (SERCA-2a), enquanto o exercício de resistência aumentou a fosforilação de PLB e a expressão do trocador de Na+/Ca2+ (NCX). O remodelamento cardíaco patológico, característico pela hipertrofia cardíaca associada com deposição de colágeno, foi observado após o tratamento com DN. Portanto, tratamento com DN e o exercício físico resistido em fêmeas, por um período de quatro semanas, foram capazes de promover hipertrofia cardíaca e aumentar a função cardíaca, alterando proteínas responsáveis pela regulação de Ca2+ intracelular, entretanto, a hipertrofia causada pela nandrolona foi considerada patológica. Certamente, esta avaliação comparando o uso de nandrolona e a contratilidade cardíaca deve ser posteriormente investigada, especialmente com uso mais prolongado, visto que as exacerbações prolongadas desses efeitos podem desencadear complicações cardíacas graves.por
dcterms.abstractThe use of androgenic anabolic steroids (AAS) has grown considerably in the last decades, being used by both men and women, with a significant reduction in the age of these users. The abusive and indiscriminate use of these hormones causes cardiovascular alterations, such as cardiac hypertrophy associated with collagen deposition considered pathological. This cardiac remodeling caused by AAS can trigger hypertension, congestive heart failure, cardiomyopathy, arrhythmias and even sudden death. Usually, AAS are associate with physical exercise, which alone promotes beneficial cardiovascular effects. However, in combination, the beneficial effect of exercise is lost with the occurrence of unfavorable cardiovascular adaptations and ventricular function problems, especially diastolic function, myocardial fibrosis and cardiomyocyte derangement. In addition, little is known about the cardiovascular effects of these drugs on women. This work aims to evaluate the effects of nandrolone decanoate and resistive physical exercise on cardiac contractility in female rats. The animals were separated into 4 groups: C (untrained); EC (submitted to resistive physical exercise in water, 5 times per week); ND (treated with DN, 20 mg/kg/ week for 4 weeks); and NDE (trained and treated). The hemodynamic parameters (+dP/dtmax, -dP/dtmin and Tau) were evaluated in the left ventricle. The heart was collected for histological analysis (H&E) and deposition of collagen (picrusirius red).eng
dcterms.creatorNascimento, Andrews Marques do-
dcterms.formatapplication/pdfpor
dcterms.issued2017-03-16-
dcterms.languagePorpor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Ciências Fisiológicaspor
dc.publisher.initialsUFESpor
dc.subject.cnpqFisiologiapor
dc.publisher.courseDoutorado em Ciências Fisiológicaspor
dc.contributor.refereeEndringer, Denise Coutinho-
dc.contributor.refereeGraceli, Jones Bernardes-
dc.contributor.refereeRibeiro Junior, Rogerio Faustino-
dc.contributor.advisor-coAndrade, Tadeu Uggere de-
Aparece nas coleções:PPGCF - Teses de doutorado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_10817_Tese Andrews Marques do Nascimento.pdf3.35 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.