Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8085
Título: TRATAMENTO CRÔNICO COM DECANOATO DE NANDROLONA INDUZ REMODELAMENTO CARDÍACO E RENAL EM RATAS, SEM MODIFICAR PARÂMETROS FISIOLÓGICOS: O PAPEL DO SISTEMA DE ANP
Autor(es): BRASIL, G. A.
Orientador: BISSOLI, N. S.
Coorientador: Tadeu Uggere de Andrade
Data do documento: 3-Jun-2016
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: BRASIL, G. A., TRATAMENTO CRÔNICO COM DECANOATO DE NANDROLONA INDUZ REMODELAMENTO CARDÍACO E RENAL EM RATAS, SEM MODIFICAR PARÂMETROS FISIOLÓGICOS: O PAPEL DO SISTEMA DE ANP
Resumo: BRASIL, G.A. Tratamento crônico com Decanoato de Nandrolona induz remodelamento cardíaco e renal em ratas, sem modificar parâmetros fisiológicos: o papel do sistema de ANP. Tese (Doutorado) Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), Programa de Pós-graduação em Ciências Fisiológicas. Vitória, 2016. Esteroides anabólicos androgênicos (EAA) são drogas utilizadas de maneira ilícita, com finalidade principalmente estética, tanto por homens quanto por mulheres. Devido à escassez de pesquisas investigando as ações destes hormônios no sistema cardiovascular feminino, o objetivo do presente estudo é avaliar o efeito do tratamento crônico com Decanoato de nandrolona (DN) em altas doses sobre o sistema de peptídeo natriurético em ratas submetidas ou não à atividade física resistida e qual a influência da retirada de estrogênio no tratamento. Para tanto os animais foram separados aleatoriamente em 8 grupos (n=10 cada): SHAM e OVX, foram tratadas com o veículo (óleo de amendoim) 2x por semana e não foram submetidas a exercício físico. SE e OVXE, que receberam o veículo e foram submetidas a exercício físico resistido (5 X por semana); SD e OVXD, tratadas com DN (20mg/kg/semana, divididas em 2 doses) e não exercitadas e os grupos SDE e OVXDE, que foram tratadas e exercitadas. Os animais OVX foram submetidos à ovariectomia bilateral e os tratamentos iniciaram 21 dias após a cirurgia e foram mantidos por 4 semanas. Após esse período a sensibilidade do Reflexo Bezold Jarisch (RBJ) foi avaliada por meio da aplicação de doses randomizadas de fenilbiguanida. Os animais foram mantidos em gaiolas metabólicas para a coleta de urina 24h e posterior analise da excreção de creatinina, uréia e sódio. O coração e rim foram retirados e armazenados em formol para as avaliações de hipertrofia (H/E) e deposição de colágeno (Picrossirius red) por histologia. O átrio direito e o rim foram congelados em nitrogênio líquido para avaliação da expressão do ANP e os receptores NPR-A e NPR-C respectivamente por meio de RT-PCR. Após tratamento os animais apresentaram aumento da expressão gênica de ANP no átrio e redução do receptor A no rim nos grupos tratados com DN. O receptor C apresentou redução nos animais que foram tratados e submetidos a exercício físico resistido (SDE e OVXDE). Além disso, o tratamento promoveu hipertrofia e deposição de colágeno no tecido renal e cardíaco. Adicionalmente os animais apresentaram hipertrofia muscular (musculo gastrocnêmio) e melhora do desempenho atlético observado pelo maior número de saltos por minuto nos grupos tratados. O tratamento reduziu a concentração de estrogênio nos grupos S e aumento da testosterona plasmática. Não foi possível observar mudança na pressão arterial média, sensibilidade do RBJ e excreção de sódio, creatinina e ureia, e a ovariectomia pouco modificou o padrão de resposta ao tratamento. Deste modo, podemos observar que o tratamento com DN modificou o sistema de ANP e este sistema, pode ter promovido efeito cardioprotetor, observado pelo não aumento da pressão arterial e sensibilidade do RBJ. Palavras-chave: Decanoato de nandrolona; treinamento resistido; ANP.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8085
Aparece nas coleções:PPGCF - Teses de doutorado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_9978_Tese Girlandia Alexandre Brasil.pdf2.67 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.