Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8120
Título: Acurácia de quatro técnicas radiográficas intrabucais na detecção de desadaptação entre implante e componente protético
Autor(es): Darós, Pollyana
Orientador: Vaz, Sérgio Lins de Azevedo
Palavras-chave: Radiografia dentária digital
Implante dentário
Prótese dentária
Dental radiography
Dental implant
Dental prosthesis
Data do documento: 17-Mar-2017
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: DARÓS, Pollyana. Acurácia de quatro técnicas radiográficas intrabucais na detecção de desadaptação entre implante e componente protético. 2017. 109 f. Dissertação (Mestrado em Clínica Odontológica) - Universidade Federal do Espirito Santo, Centro de Ciências da Saúde.
Resumo: Desadaptações entre as interfaces implante/componente protético podem comprometer a saúde dos tecidos peri-implantares. A radiografia periapical é um método complementar para detectar essas desadaptações, sendo indicada uma relação ortogonal entre o feixe central de raios X e o conjunto implante-receptor de imagem. Este estudo avaliou a acurácia de quatro técnicas radiográficas intrabucais na detecção de desadaptação entre implante e componente protético. Vinte implantes foram instalados em maxilas prototipadas e componentes UCLAs com cinta metálica foram aparafusados. Foi inserida uma tira de poliéster entre as interfaces (grupo 50 µm) e três tiras de poliéster (grupo 150 µm), simulando desadaptações, para a criação dos grupos; a ausência de tira foi considerada grupo controle. Radiografias periapicais foram realizadas com posicionadores para as técnicas do paralelismo sem guia de orientação e com guia de orientação, da bissetriz e interproximal, totalizando 240 radiografias digitais, que foram avaliadas por quatro implantodontistas. Os testes de comparação de Curvas ROC (Az) e Exato de Fisher foram realizados com nível de significância de 5%. Valores de diagnóstico (sensibilidade, especificidade, acurácia, valores preditivos positivo e negativo) também foram obtidos. O teste Kappa foi utilizado para mensurar as reprodutibilidades intra e interexaminadores, as quais variaram de substancial a quase perfeita e de moderada a substancial, respectivamente. Todos os valores de diagnóstico foram menores para a técnica da Bissetriz nos dois grupos com desadaptação. Os valores de Az para a técnica da bissetriz foram significativamente menores do que aqueles obtidos para as outras três técnicas (p < 0,05), as quais não tiveram diferença entre si. A desadaptação do grupo 150 µm foi mais facilmente detectada do que a do grupo 50 µm apenas para a técnica da bissetriz (p˂ 0,05). Concluiu-se que as técnicas do paralelismo (com e sem guia de orientação) e interproximal foram as mais precisas para avaliar desadaptações na interface implante/componente protético. A técnica da bissetriz não deve ser utilizada clinicamente com esta finalidade.
Misfit at implant-abutment joints (IAJ) may compromise the perimplant tissues health. Intraoral radiograph are an complementary diagnostic method to misfit detection and an orthogonal relation between the central beam, the implant, and the radiographic film is indicated. The aim of this study evaluated the accuracy of 4 intraoral radiographic techniques on the detection of gaps at IAJ. Twenty implants were placed in prototyped jaws and UCLA-type abutments with metal collar were installed. Different gaps were simulated by placing one or three 50-μm-thickness polyester strips at the IAJ, and the absence of the strip represented the control group (no gap). Periapical radiographs with different film-holders were taken for each technique: bisecting, interproximal, parallel-cone and modified-parallel-cone (with a custommade paralleling index). A total of 240 digital radiographs were evaluated by 4 specialists in dental implants. The ROC curves (Az) and Fisher’s Exact comparison tests were performed at a significance level of 5%. Diagnostic values (sensitivity, specificity, accuracy, positive, and negative predictive values) were also obtained. The Kappa test was used to assess intra- and inter-evaluator reproducibility, which ranged from substantial to almost perfect, and moderate to substantial, respectively. All diagnostic values were lower for the bisecting technique for both 50- and 150-μm gaps. Az values for the bisecting technique were significantly lower than those obtained for the other 3 techniques (p
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8120
Aparece nas coleções:PPGCO - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_10806_Dissertação Pollyana Darós 2017.pdf3.78 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.