Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8135
Título: Avaliação do conhecimento e percepção de saúde bucal de trabalhadores da estratégia de saúde da família, Serra-ES
Autor(es): Brandão, Rodrigo Resende
Orientador: Carvalho, Raquel Baroni de
Data do documento: 18-Set-2009
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: BRANDÃO, Rodrigo Resende. Avaliação do conhecimento e percepção de saúde bucal de trabalhadores da estratégia de saúde da família, Serra-ES. 2009. 108 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Clínica Odontológica) - Universidade Federal do Espírito Santo, Centro de Ciências da Saúde.
Resumo: A odontologia do trabalho é uma nova especialidade que tem por objetivo a melhoria da saúde bucal dos trabalhadores no ambiente laboral. O objetivo deste trabalho foi obter por meio de questionários, o nível de conhecimento em saúde bucal de 75 trabalhadores inseridos em duas Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF) do município da Serra/Espírito Santo, bem como a percepção acerca da saúde bucal. Dentre os resultados encontrados, observou-se que 70,7% são mulheres e 74,7% da amostra trabalham 40 horas por semana além de 80% que ainda trabalham em outros locais, além da UBSF. Embora 44,6% dos entrevistados considerarem como boa a sua saúde bucal, 22,7% já faltaram ao serviço para realizar tratamento odontológico, 16,7% afirmou ter sangramento gengival e 26,6% irritação gengival. Além disso, 40,3% não freqüentam o dentista regularmente, e quando procuram, 34% utilizam clínicas privadas, 52% procuram o serviço público e 14% utilizam planos de saúde. Sobre a percepção de sua saúde bucal, 16,2% dos sujeitos da pesquisa consideraram sua saúde bucal como ótima, já 44,6% como boa e 33,8% como regular, e apenas 5,4% consideraram ruim. Sobre o conhecimento de saúde bucal dos profissionais de saúde, apesar de 91,9% já terem ouvido falar sobre cárie, apenas 56,8% sabiam que a cárie é uma doença transmissível. Sobre a existência de câncer bucal, 89,2% da amostra responderam saber de sua existência, e mesmo assim, 22,6% fumam e 20% fazem uso de bebidas alcoólicas, que são considerados fatores de risco para o câncer bucal. Os dados obtidos indicam que a presença do dentista do trabalho dentro do serviço público seria de fundamental importância para a implantação de programas de atenção em saúde bucal para o trabalhador. Palavras-chave: Saúde do Trabalhador, Saúde Bucal, Odontologia do Trabalho.
The dental labor is a new specialty that aims to improve the oral health of workers in the work environment. The objective was achieved through questionnaires, the level of knowledge of oral health of 75 workers placed in two Basic Health Units Family (UBSF) in the municipality of Serra, Espírito Santo, as well as the perception of oral health. Among the findings, we observed that 70.7% are women and 74.7% of the sample work 40 hours per week and 80% who still work in other places, in addition to UBSF. Although 44.6% of respondents consider how good your oral health, 22.7% have missed the service to have dental treatment, 16.7% reported gingival bleeding and 26.6% gingival irritation. Furthermore, 40.3% did not attend the dentist regularly, and when they seek, 34% use private clinics, 52% use public service and 14% use health plans. About the perception of their oral health, 16.2% of study subjects considered their oral health as "excellent", as 44.6% as "good" and 33.8% as "fair" and only 5.4% considered "bad." About the knowledge of oral health professionals, while 91.9% have heard about caries, only 56.8% knew that dental caries is a transmissible disease. On the existence of oral cancer, 89.2% of the sample responded to know of its existence, and yet, 22.6% smoke and 20% use alcohol, which are considered risk factors for oral cancer. The data indicate that the presence of dental work within the public service is of paramount importance for the implementation of programs of oral health care for employees.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8135
Aparece nas coleções:PPGCO - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_3537_tese MESTRADO-Brandão.pdf981.89 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.