Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8159
Título: Análise por perfilometria e tomografia de coerência óptica da rugosidade superficial e do desgaste do esmalte bovino microabrasionado
Autor(es): Xavier, Hamilton Santos
Orientador: Sanglard, Luciana Faria
Palavras-chave: Desgaste dos dentes
Propriedades de superfície
Enamel microabrasion
Tooth wear
Tomography
Optical Coherence
Surface properties
Data do documento: 11-Out-2011
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: XAVIER, Hamilton Santos. Análise por perfilometria e tomografia de coerência óptica da rugosidade superficial e do desgaste do esmalte bovino microabrasionado. 2011. 124 f. Dissertação (Mestrado em Clínica Odontológica) - Universidade Federal do Espírito Santo, Centro de Ciências da Saúde.
Resumo: Os objetivos deste estudo, in vitro foram: analisar por Perfilometria Digital 3D (PD) a rugosidade superficial(Sa) e o desgaste(D) e por Tomografia de Coerência Óptica(OCT) o D do esmalte bovino microabrasionado com diferentes materiais, Ácido Fosfórico + Pedra-Pomes(A) e Opalustre®(O) e pontas aplicadoras, Taça(T), Cônica(C) e Opal Cups®(O). Para tanto, dentes bovinos (n=18) foram previamente planificados e polidos. Os materiais associados às pontas aplicadoras originaram 6 grupos (n=3): AT, AC, AO e OT, OC, OO. As medidas de Sa e D foram realizadas antes e após a microabrasão, que compreendeu 6 aplicações de cada material em baixa rotação (12000rpm, 39lbs/pol2), por 10s, sob carga de 30g, intercaladas por lavagem e secagem. Observou-se diferença estatística significante na Sa final entre as pontas, tanto para A (AT=0,384µm; AC=0,305µm; AO=0,442µm, Kruskal-Wallis, Mann-Whitney, p<0,05) quanto para O (OT=0,434µm; OC=0,526µm; OO=0,274µm; Kruskal-Wallis, Mann-Whitney, p<0,05). Na análise do D, realizada pelo PD, observou-se que os materiais associados à Taça (OT=225,2000µm e AT=167,3000µm) promoveram maiores valores de D do que quando associados à Opal Cups® (OO=95,5000µm e AO=78,1000µm), e ponta Cônica (OC=76,2000µm e AC=44,7000µm; Kruskal-Wallis, Mann-Whitney p<0,05). Pela OCT observou-se, do mesmo modo, que os materiais associados à Taça (OT=208,6460µm e AT=163,6890µm) promoveram maiores valores de D do que quando associados à Opal Cups® (OO=99,7115µm e AO=55,3310µm), seguidos da ponta Cônica (OC=69,1650µm e AC=42,3630µm; Kruskal-Wallis, Mann-Whitney p<0,05). Não houve diferença estatística entre os equipamentos na análise do D. Concluiu-se que as associações do Ácido fosfórico e PP com ponta Cônica e do Opalustre® com Opal Cups® promoveram a maior lisura superficial; que o D com ambos materiais abrasivos (A e O) associados às três pontas (T, O e C) foi confirmado pelos dois equipamentos (PD e OCT), provando a técnica de OCT ser um método de aferição de desgaste confiável.
The objectives of this study in bovine enamel that had been microabrased were analyze superficial roughness and weariness using 3D Digital Profilometry (P) and weariness using Optical Coherence Tomography (OCT). In order to do so, 18 bovine teeth were flattened, polished and microabrased with Fosforic Acid + Pumice and Opalustre®, applied with the different tips: Cup(T), Conical(C) and Opal Cups®(O). There were 06 applications (10 seconds each) shifting washing (20 seconds) and drying (20 seconds) under 30 gram load in lower rotation (12,000 rpm). Superficial roughness and weariness measurements were taken before and after the microabrasion processes. It was noticed statistically difference in superficial roughness among tips as to Fosforic Acid + Pumice (T=0.384µm; C=0.305µm; O=0.442µm, Kruskal-Wallis, Mann-Whitney, p<0.05) as to Opalustre® (T=0.434µm; C=0.526µm; O=0.274µm; Kruskal-Wallis, Mann-Whitney, p<0.05). In the weariness analysis using both devices it was noticed that both materials applied with Cup (P: Fosforic Acid + Pumice=167.300µm and Opalustre® =225.2000µm; OCT: Fosforic Acid + Pumice=163.6890µm and Opalustre® =208.6460µm) showed greater weariness values than the other tips associations, Opal Cups® (P: Fosforic Acid + Pumice=78.1000µm and Opalustre® =95.5000µm; OCT: Fosforic Acid + Pumice=55.3310µm and Opalustre® =99.7115µm) and comic tip (P: Fosforic Acid + Pumice=44.7000µm and Opalustre® =76.2000µm; OCT: Fosforic Acid + Pumice=42.3630µm and Opalustre® =69.1650µm, Kruskal-Wallis, Mann-Whitney, p<0.05). There was no statistic difference comparing groups between equipments (Mann-Whitney, p>0.05). It was concluded that superficial roughness changed according to the type of tip in both materials, Fosforic Acid + Pumice with Conic tip and Opalustre® with Opal Cups® showed the lower superficial roughness; weariness also changed according to the used tip, likewise for both materials, Conic tip showed the lower weariness, confirmed by both devices, proving that Optical Coherence Tomography is a reliable method to weariness measurement.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8159
Aparece nas coleções:PPGCO - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_5139_HAMILTON XAVIER - DISSERTAÇÃO - FINAL.pdf20.91 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.