Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8186
Título: Eficácia de agentes clareadores em dentes com bráquetes ortodônticos
Autor(es): Bittencourt, Caroline de Vargas
Orientador: Guimarães, Jackeline Coutinho
Palavras-chave: Clareamento dental
Ortodontia corretiva
Colagem dentária
Data do documento: 19-Dez-2014
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: BITTENCOURT, Caroline de Vargas. Eficácia de agentes clareadores em dentes com bráquetes ortodônticos. 2014. 76 f. Dissertação (Mestrado em Clínica Odontológica) – Programa de Pós-Graduação em Clínica Odontológica, Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória.
Resumo: Introdução: O objetivo deste estudo foi avaliar, in vitro, a eficácia do clareamento em dentes com bráquetes ortodônticos. Metodologia: Cinquenta incisivos bovinos foram aleatóriamente divididos em 5 grupos (n=10) de acordo com o agente clareador utilizado: Grupo A: controle (mantido em saliva artificial); Grupo B: Opalescence Boost (38% peróxido de hidrogênio; Ultradent Products, EUA); Grupo C: Power Bleaching (37% peróxido de carbamida, BM4, Brasil); Grupo D: Opalescence Treswhite Ortho (8% peróxido de hidrogênio, Ultradent, Utah); e Grupo E: 3D White Whitestrips Oral-B (10% peróxido de hidrogênio, Anderson Packaging, EUA). A mensuração inicial da cor foi realizada com espectrofotômetro (Vita Easyshade, Vita Zahnfabrik, Germany) e com a escala Vita Clássica (Vitapan Classical, Vita Zahnfabrik, Germany). Após a verificação da cor, bráquetes metálicos (Abzil Standard, Abzil, 3M) foram colados aos dentes e estes submetidos ao clareamento. Após, os bráquetes foram removidos e nova mensuração da cor foi realizada. Resultados: Houve redução nos valores de Δa e Δb, e aumento do ΔL após o clareamento, para os clareadores testados. Os grupos B e E apresentaram diferença estatística significante em todos os parâmetros avaliados com o espectrofotômetro (p<0,05). Com a escala Vita Clássica todos os grupos apresentam diferença estatística em relação ao controle (p<0.05). Conclusão: Todos os agentes clareadores promoveram alteração de cor, após o clareamento, da porção dental coberta pelo acessório ortodôntico. Palavras-chave: Clareamento dental, Ortodontia corretiva, Colagem dentária, Estética.
Introduction: The aim of this study was to evaluate, in vitro, the efficacy of bleaching in teeth with orthodontic brackets. Methods: Fifty bovine incisors were divided into 5 groups (n = 10). Group A: control (kept in artificial saliva); Group B: Opalescence Boost (38% hydrogen peroxide; Ultradent Products, USA); Group C: Power Bleaching (37% carbamide peroxide, BM4, Brazil); Group D: Opalescence Treswhite Ortho (8% hydrogen peroxide, Ultradent, Utah); and Group E: 3D White Whitestrips Oral-B (10% hydrogen peroxide, Anderson Packaging, USA). Color was measured with a spectrophotometer (Vita Easyshade, Vita Zahnfabrik, Germany) and the shade guide (Vitapan Classical, Vita Zahnfabrik, Germany). After measuring the color, brackets (Abzil Standard, Abzil, 3M) were bonded to the teeth and these submitted to bleaching. After this procedure the brackets were removed and a new color measurement was performed. Results: There was a reduction in the values of Δa and Δb, as well as an increase in ΔL. The groups B and E, showed statistically significant differences in each of the parameters evaluated with the spectrophotometer (p)
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8186
Aparece nas coleções:PPGCO - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_8420_Dissertação Final Caroline Bittencourt.pdf845.61 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.