Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8193
Título: Análise do processo de ensino e de aprendizagem no ciclo profissionalizante do curso de odontologia da UFES : percepção de docentes e estudantes
Autor(es): Farias, Cynthia Moura Louzada
Orientador: Carvalho, Raquel Baroni de
Palavras-chave: Currículo formação profissional
Educação em saúde
Educação
Curriculum
Professors
Higher Education
Health Education
Dental Education
Dental Professors
Data do documento: 30-Set-2015
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: FARIAS, Cynthia Moura Louzada. Análise do processo de ensino e de aprendizagem no ciclo profissionalizante do curso de odontologia da UFES: percepção de docentes e estudantes. 2015. 161 f. Dissertação (Mestrado em Clínica Odontológica) - Universidade Federal do Espírito Santo, Centro de Ciências da Saúde.
Resumo: O cotidiano da sala de aula das instituições de ensino superior é um campo de trabalho que, a todo o momento, instiga um olhar, propondo estudos numa direção mais prospectiva em relação ao processo de aprendizagem, não só dos alunos, mas também dos próprios professores. Objetivo: analisar a percepção de professores e estudantes a respeito do papel do professor no processo de ensino e de aprendizagem no ciclo profissionalizante do curso de Odontologia da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Metodologia: estudo exploratório e descritivo, baseado em abordagem quali-quantitativa. A amostra compreendeu 60 docentes lotados nos departamentos das disciplinas do ciclo profissionalizante do Curso de Odontologia da UFES e estudantes do 7º ao 10º período do curso. O questionário semiestruturado e a entrevista foram os meios utilizados para coleta de dados. O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos do Centro de Ciências da Saúde da UFES sob registro CAAE 339550144.0000.5060. A análise estatística descritiva (freqüência percentual) foi feita por meio do programa Statistical Package at Social Science for Windows (SPSS) e os dados qualitativos (entrevista gravada) foram interpretados por meio da análise de conteúdo temática proposta por Bardin (2009). As variáveis analisadas foram: formação docente; currículo; planejamento das aulas desenvolvido pelos professores; interação com os alunos; necessidades no trabalho desenvolvido pelos professores; dificuldades percebida no trabalho desenvolvido pelos professores; interesse em participar de programas de desenvolvimento profissional; experiências de aprendizagem mais efetivas para o aluno e atenção dos alunos nas aulas teóricas. Resultados: os dados demonstraram que 91,1% dos docentes possuem pós-graduação avançada (Doutorado) e 75,6% recebeu formação pedagógica na pós-graduação. A opção pela atividade docente foi programada por 91,1% deles, que atuam sob o regime de dedicação exclusiva em 77,8% dos casos. Além da carga horária de aula, 51,1% cumprem atividades administrativas, de pesquisa e/ou extensão. As necessidades sociais da Odontologia no Brasil são compreendidas por 95,6% dos professores e 51,1% acreditam que os egressos saem preparados para suprir essas necessidades no cenário brasileiro atual. Existe um declarado interesse de 91,1% dos professores pesquisados, em participar de programas de desenvolvimento profissional incorporados às suas práticas, para melhorar suas habilidades de ensino. A qualidade do ensino no curso é percebida como ótima por 43,6% da amostra de alunos e 50,4% está satisfeita com o curso, mas sentem-se desestimulados com alguns aspectos como a precariedade da infraestrutura e a administração do curso. O percentual de 75,5% afirmou que ser bom aluno não significa ser bom profissional e 38,8% apontam como uma dificuldade docente, estimular a atenção dos alunos nas aulas teóricas. A aula prática foi a experiência de aprendizagem mais efetiva para 50,4% dos alunos. Conclusão: Conclui-se que o professor universitário de odontologia precisa despertar para a necessidade de refletir sobre suas práticas, porque continua privilegiando os saberes técnicos em detrimento dos pedagógicos, fato que pode justificar-se pela formação por eles recebida, o que pode refletir a dificuldade dos acadêmicos de Odontologia demonstrarem maior sensibilidade social e preocupação com os problemas da população. O estudo inicial pode servir de alerta aos cursos de graduação e pós-graduação, sobre a necessidade de buscar alternativas e apresentar aos futuros professores, diferentes abordagens que instiguem reflexões acerca dos métodos utilizados nas práticas do ensino, a fim de propiciarem melhor diálogo e articulação entre os pares envolvidos no processo de ensino e aprendizagem. Em médio prazo, acredita-se que os dados dessa pesquisa possibilitem mudanças no processo de formação dos cirurgiões-dentistas egressos do curso de odontologia da UFES que impactem positivamente o cuidado em saúde.
Introduction Classroom routine in higher education institutions is a field of work that constantly encourages studies, investigations and research towards a more prospective learning processes, not only students', but also professors' learning processes. Objective: This study aims at carrying out an exploratory, descriptive and explanatory investigation so as to analyze and describe the teaching-learning process in the professionalizing cycle of the Dentistry Program at the Federal University of Espírito Santo (UFES), Brazil, from the perception of students and teachers. Methodology: It is a quanti-qualitative, exploratory, descriptive and explanatory study. The sample comprised 60 professors at the professionalizing cycle departments of the Dentistry Program at UFES and students of the 7th and 10th term in the course. A semi-structured questionnaire and interview, based on Lazzarin (2005), Araújo a M ll (2011) C J ’(2008) instruments were employed in this study. The project was approved by the Research Ethics Committee CCS/UFES under registration no. CAAE 339550144.0000.5060. Descriptive statistical analysis (percentage rate) was performed using Statistical Package for Social Science for Windows (SPSS) and qualitative data (interview) were interpreted based on Bardin content analysis studies (2009). The variables analyzed were: teacher training; planning of lessons developed by teachers; interaction with students; needs work done by teachers; perceived difficulties in the work of the teachers; more effective learning experiences for students and students' attention in the lectures. Results: P ’ p l how that 91.1% of them hold an advanced postgraduate degree (doctorate) and 75.6% have had pedagogical training at some point of their postgraduate programs. The option for teaching was programmed by 91.1% of them, in which 77.8% worked as full-time professors. Data show that over 50% of participant professors have administrative, research/extension activities, besides their classroom work hours. The social-dental care needs in Brazil are understood by 95.6% of professors, and 51.1% of them believe that graduated professionals leave the course prepared to meet the l h B z l . I ’ p , h g q l y the Dentistry Program at UFES is rated as excellent by 43.6%, and most of them are satisfied (50.4%) with the graduate program, but feel discouraged by some facts. Practice classes were the most effective aspect by 50.4% among students. Among the professors interviewed, there is clear interest in participating by 91,1% in incorporated professional development programs to improve their teaching skills. Conclusion: In conclusion, the professor of dentistry course need to wake up to the need to reflect on their practices, because it continues favoring technical knowledge at the expense of teaching. Dentistry students show difficulties in demonstrating social sensitivity and concern for the problems of the population. The study is intended to alert the postgraduate courses of higher education institutions on the need to seek alternatives to qualify the professionals who make up the teaching staff of the institutions, which do not have adequate training for teachers. In the medium term, we plan to use data from this study to approach strategies and an intervention project, that allow improving the teaching-learning process and consequent background of students graduated in the Dentistry Program at UFES that positively impact the health care.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8193
Aparece nas coleções:PPGCO - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_9263_DISSERTAÇÃO de Cynthia Moura Louzada Farias.pdf2.77 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.