Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8210
Título: Embriogênese somática do mamoeiro hermafrodita UENF/CALIMAN 01
Autor(es): GOUVEA, D. S.
Orientador: ALEXANDRE, R. S.
Coorientador: SCHMILDT, E. R.
Palavras-chave: Carica papaya L

propagação in vitro
explante hermafrodita
Data do documento: 28-Jun-2016
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: GOUVEA, D. S., Embriogênese somática do mamoeiro hermafrodita UENF/CALIMAN 01
Resumo: A embriogênese somática é o processo de desenvolvimento de embriões a partir de células somáticas. Objetivou-se com este trabalho analisar a eficiência de reguladores de crescimento nas diferentes fases da embriogênese somática indireta a partir de plantas in vitro do mamoeiro hermafrodita hibrido UENF/Caliman 01. Discos foliares destas brotações foram inoculadas em meio de indução (MI): meio MS (Murashige; Skoog, 1962), com concentração total de sais, e suplementado com auxinas, ácido 2,4-diclorofenoxiacético (2,4-D)(6; 9; 12; 15 e 18 μM) e ácido 4- clorofenoxiacético (4-CPA)(19; 22; 25; 28 e 31 μM). Os tratamentos foram dispostos em delineamento inteiramente casualizados (DIC), com cinco repetições, e cinco explantes por repetição. Os dados foram submetidos à análise de variância pelo teste F e as médias comparadas pelo teste de Skott-Knott em nível de 5% de significância. Ao transcorrer, 90 dias da indução, visualizou-se a formação de alguns embriões somáticos nos calos friáveis formados. As concentrações da auxina 2,4-D, foram inibitórias, ocorrendo somente a formação de calos de coloração marromclara, os quais tiveram resultados inferior a 20% na formação de embriões somáticos, enquanto a suplementação com 4-CPA resultou em 96% de calos embriogênicos para a concentração de 25 μM. Os calos embriogênicos, foram ix transferidos para o meio de maturação (MM): MS sem regulador de crescimento; ABA ácido abiscísico (0,5 μM); ABA (0,5 μM) + CA carvão ativo (15 g L-1); ABA (0,5 μM) + CA (30 g L-1); ABA (0,5 μM) + PEG polietilenoglicol (60 g L-1) durante 30 dias. Foram observadas diferenças significativas entre os meios de maturação testados, uma reação positiva em relação a quantidade de embriões desenvolvidos e os efeitos de cada tratamento. O meio de maturação constituído de ABA 0,5 μM + CA 30 g L-1 foi o mais eficiente no desenvolvimento de embriõessomáticos cotiledonares. Estes embriões cotiledonares maduros, foram inoculados em meio de germinação (MG): MS sem regulador de crescimento; GA3 (0,5 mg L-1); GA3 (1,0 mg L-1) e GA3 (1,5 mg L-1).
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8210
Aparece nas coleções:PPGAT - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_10243_66-Drielly Stephania Gouvea.pdf1.37 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.