Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8374
Título: Educação de jovens e adultos: uma proposta de sequência didática com caráter investigativo no ensino de Química
Autor(es): ANDRADE, M. S. F.
Orientador: MENDES, A. N. F.
Coorientador: ROCHA, S. M. S.
Data do documento: 22-Fev-2017
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: ANDRADE, M. S. F., Educação de jovens e adultos: uma proposta de sequência didática com caráter investigativo no ensino de Química
Resumo: Este trabalho apresenta os resultados da pesquisa de Mestrado em Ensino na Educação Básica, que busca investigar o perfil dos alunos da modalidade de ensino Educação de Jovens e Adultos (EJA) e propor sequências didáticas de ensino e aprendizagem de química que contemple às necessidades destes alunos. A pesquisa foi desenvolvida com os alunos e a professora de química do 2º ano do ensino médio da EJA, na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio (EEEFM) Nestor Gomes, localizada no bairro Nestor Gomes (Km 41), na cidade de São Mateus/ES. A pesquisa obedeceu ao delineamento do tipo qualitativa, caracterizada como pesquisa-ação. Para traçar o perfil da turma, foi aplicado aos alunos um questionário diagnóstico contendo questões a cerca da idade, gênero, meio de transporte e tempo gasto de casa até a escola, trabalho e estudos. Para a escolha dos conteúdos das sequências didáticas, foi realizada uma entrevista semiestruturada com a professora de química para definir aqueles os quais os alunos geralmente apresentam maior dificuldade de aprendizagem. Com isso, foram definidos os temas soluções e equilíbrio ácido-base. As técnicas de coleta de dados foram pré e pós-questionários aplicados aos alunos, relatos de experiência pessoal, entrevistas com a professora de química e observações, com o intuito de obter informações relevantes e consistentes a respeito da validade do método. A análise dos questionários foi baseada na análise de conteúdo de Bardin. Os dados do questionário diagnóstico revelam que o perfil da turma é jovem, grande parte dos alunos trabalham no período diurno e gastam mais de trinta minutos de casa à escola. A falta de tempo, aliada à necessidade de trabalhar, afastaram grande parte dos alunos da escola por alguns anos. As características da turma revelam particularidades que merecem um olhar especial e diferenciado, através da adaptação dos conteúdos e metodologias de ensino que contemplem às necessidades destes educandos. A entrevista com a professora de química revelou as dificuldades enfrentadas na adaptação dos conteúdos e metodologias para os alunos da EJA, aliadas, contudo, à vontade de adaptá-los às necessidades destes educandos. As sequências didáticas foram elaboradas de acordo com os Parâmetros Curriculares Nacionais de Química (PCN), com uma abordagem investigativa, visando à aprendizagem significativa por parte dos alunos. A análise dos dados obtidos através dos questionários, relatos, entrevistas e observações mostrou que a metodologia aplicada possibilitou aos educandos a oportunidade de reconstruírem e reelaborarem seus conceitos prévios sobre soluções e equilíbrio ácido-base, o que revela o potencial significativo do processo de ensino e aprendizagem com a aplicação das sequências didáticas. Autores como Ausubel, Moreira, Dewey e Delizoicov fundamentam teoricamente a pesquisa a respeito da aplicação de sequências didáticas de caráter investigativo com foco na aprendizagem significativa.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8374
Aparece nas coleções:PPGEEB – Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_10665_RESUMO(2).pdf110.38 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.