Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8402
Título: A ESCOLA E OS PROCESSOS DE CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE NEGRA: UM ESTUDO SOBRE A ESCOLA PIO XII EM SÃO MATEUS, ES
Autor(es): SILVA, R. O.
Orientador: SALIM, M. A. A.
Data do documento: 23-Mar-2018
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: SILVA, R. O., A ESCOLA E OS PROCESSOS DE CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE NEGRA: UM ESTUDO SOBRE A ESCOLA PIO XII EM SÃO MATEUS, ES
Resumo: Ser negro, estar e fazer parte da escola nunca foi uma soma fácil. Para chegarmos na situação atual, de poder discutir e levantar indagações sobre a inserção e o trato direcionado a população negra na política educacional foi necessária muita luta. Consideramos o movimento negro neste contexto um agente político de grande responsabilidade nestas conquistas, dentre elas destacamos a Lei 10.639/03, que versa sobre a obrigatoriedade do ensino da história e cultura afro-brasileira e africana nas escolas. Porém, para além da aprovação de uma legislação esta pesquisa visa problematizar o quanto ela tem sido operacionalizada no ambiente escolar e quais resultados têm alcançado. Este trabalho também reflete sobre as consequências do cerceamento à educação vivenciada pela população negra brasileira e também sobre como ao longo da história da educação, o negro foi representado, o que provavelmente influenciou de maneira negativa para o processo de construção de identidade do aluno negro. Assim, essa pesquisa apresenta como foco central a análise dos processos de construção de identidade entre alunos do 9º ano do ensino fundamental da escola Estadual Pio XII no Município de São Mateus no Norte do Espírito Santo. A pesquisa é de caráter qualitativa, e utilizou enquanto técnica de coleta de dados a entrevista e o grupo de discussão envolvendo professores e alunos da instituição focalizada. Foi realizada uma revisão de literatura abrangendo os seguintes temas: a Identidade e o seu processo de produção, Educação das Relações étnico-raciais e currículo, a história do negro na educação e a influencia do movimento negro a partir do período Republicano. Acreditamos que a escola possui grande influência no processo de produção de identidade do aluno e é na realidade vivida da escola que podemos identificar as problemáticas que envolvem tal questão e dessa maneira trabalhá-las de acordo com a realidade apresentada.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8402
Aparece nas coleções:PPGEEB – Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_11896_Divulgação de Defesa_Rosimar_PDF.pdf203.6 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.