Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8455
Título: Determinação da cinética de reação e condições operacionais da pirólise em leito fixo da casca de café
Autor(es): LIMA, M. J.
Orientador: LIRA, T. S.
Coorientador: XAVIER, T. P.
Data do documento: 20-Mar-2018
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: LIMA, M. J., Determinação da cinética de reação e condições operacionais da pirólise em leito fixo da casca de café
Resumo: A atual situação dos recursos energéticos mundiais vem contribuindo para o enfoque em pesquisas e testes que utilizam a energia presente na biomassa lignocelulósica para ser convertida em combustíveis tanto líquidos, gasosos ou sólidos. Os resíduos agrícolas se destacam pela quantidade que são gerados em países agroindustriais como o Brasil. Neste trabalho foi avaliado através do processo de pirólise a casca de café como resíduo agroindustrial para geração de energia. A casca de café foi caracterizada, foi avaliado alguns parâmetros através de modelos cinéticos utilizando análise termogravimétrica, e a reação de pirólise foi realizada para análise do processo, além da caracterização do produto líquido por CG/MS. O poder calorífico obtido, 18,17 kJ/g, assim como resultados de análise elementar e análise imediata, mostram que esta biomassa possui um potencial para utilização como fonte energética. Por meio das análises de fluorescência de raios X foi possível identificar diversos metais que compõem os resíduos gerados ao fim do processo térmico, sendo os compostos inorgânicos e óxidos dos elementos potássio e cálcio encontrados em maior quantidade. Com a análise de espectroscopia vibracional por infravermelho foi possível caracterizar as ligações da biomassa analisada e relacionar com os principais componentes de materiais lignocelulósicos, que, através da análise lignocelulósica identificou a concentração desses componentes. Foi determinado por análise termogravimétrica o intervalo de temperatura mais apropriado para a pirólise da casca de café (400 500ºC) e através dos modelos cinéticos, que descreveram o processo de reação de pirólise, foi possível determinar a energia cinética para a casca de café (124,10 133,27 kJ/mol). A biomassa foi submetida por um processo de conversão térmica, mais precisamente pirólise convencional em leito fixo, para análise de parâmetros como temperatura e diâmetro médio, em que se destacou a influência da temperatura neste processo, e a fração líquida obtida, com destaque para os compostos fenólicos e cafeína. A possibilidade de formar produtos químicos com utilidades diversificadas e de alto valor agregado, torna a pirólise uma das mais promissoras tecnologias de conversão térmica. Palavras chave: Casca de café. Pirólise. Parâmetros cinéticos.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8455
Aparece nas coleções:PPGEN – Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_11881_73 - Mariana_Lima.pdf1.9 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.