Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8473
Título: Análise do Processamento de Rochas Ornamentais por meio da caracterização de materiais: contribuições para avaliação do consumo energético.
Autor(es): FARIA, R. F.
Orientador: PORTO, P. S. S.
Coorientador: PROVETI, J. R. C.
Data do documento: 31-Mai-2016
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: FARIA, R. F., Análise do Processamento de Rochas Ornamentais por meio da caracterização de materiais: contribuições para avaliação do consumo energético.
Resumo: O estudo em questão tem como foco, a busca de perspectivas futuras para o setor, no sentido de ampliar o conhecimento na etapa de beneficiamento do granito e consequentemente, a agregação de valor ao produto final. Tem como objetivo analisar a eficiência energética no processo de beneficiamento da rocha ornamental por meio da caracterização de materiais que fazem parte da sua composição. A metodologia utilizada neste estudo consiste numa pesquisa descritiva, enquadrada como estudo de caso do tipo exploratório. Foi desenvolvida a partir da associação entre as etapas documental, de campo e experimental. Na etapa documental os referenciais teóricos citados, nortearam a pesquisa e fundamentaram os conhecimentos acerca do estudo em questão. A etapa de campo possibilitou amostrar 38 tipos comerciais de rochas, no período de 20 de janeiro de 2014 a 02 de outubro de 2015. As amostras obtidas foram analisadas, por meio dos dados coletados do tear multifio, considerando as variáveis: tipologia; tempo; volume e dureza, que são importantes para o cálculo do consumo de energia. A partir dos resultados foi criado o coeficiente de processo que permitiu determinar a eficiência energética em função do volume de material e tempo de processamento das rochas. Por fim, na etapa experimental foram realizadas as análises petrográfica, difração de raio X e de microscopia eletrônica de varredura. Para estas análises foram considerados os granitos IceFlake, Giallo Imperiale, Portofino, por apresentarem valores do coeficiente de processamento que variaram do maior, do menor e o mais próximo da média respectivamente. Os resultados obtidos e apresentados sob a forma de tabelas e gráficos permitiu afirmar que o conhecimento das propriedades estruturais dos materiais que compõe a rocha é fator preponderante para o cálculo do custo, além de possibilitar um controle mais eficaz do processo de beneficiamento relacionado à eficiência energética.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8473
Aparece nas coleções:PPGEN – Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_9943_Romulo_Furtado_Faria_Aprovada_31_05_2016.pdf2.91 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.