Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8487
Título: Práticas sociais : outras formas de ser artista
Autor(es): Moreira, Piatan Lube
Orientador: Cirillo, Aparecido José
Coorientador: Kinceler, José Luiz
Data do documento: 6-Dez-2016
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Escrevemos a arte em um novo patamar e relação criativa, destacadas recentemente suas apuradas metodologias de ação e recepção: relacionais, participativas, comunitárias, sociais, anti-mercadológicas e transdisciplinares. Temos como matéria originária de pesquisa a cooperação e a colaboração entre artistas e usuários da obra de arte no seu processo de criação. Assim, há os redimensionamentos dos fundamentos que a constituem, outras redes de relações e de potencialidades poéticas. Uma nova construção do ser artista é posta em prática em obras ao redor do mundo pós-1960, no surgimento de novos caminhos engajados da Arte com a vida em ganchos teóricos que contemplam práticas como Arte Baseada em Comunidades, Arte Socialmente Engajada, Arte Colaborativa, Prática social... Enfim, estamos diante de uma outra postura criativa e existencial da arte e de seus lugares na realidade do planeta, em que suas potências de sociabilidade surpreendem: Outras formas de ser artista expõem processos criativos refletidos do artista pesquisador com parâmetros e pêndulos de outros artistas, ao longo da história da arte, dinamizadas em uma teia de condutas e obras empenhadas em prática sociais, e do artista para além do ente biograficamente constituído. Dois importantes trabalhos, Entre saudades e guerrilhas e Tabebuias: cozinhas experimentais, impulsionam esta pesquisa com descrições de processos criativos vividos pelo autor, nos quais as comunidades interferem no resultado final das obras. Os conceitos que permeiam esta dissertação são instrumentos da dinâmica de transformação na própria tradição da arte, com elementos propositivos dialógicos e extremamente coletivos. Elegemos o termo Prática social, atribuído por Helguera para determinar os trabalhos aqui apontados com novas gamas de entendimento da arte e sua força comunitária. Palavras-chave: Prática social. Arte Socialmente Engajada. Arte Colaborativa. Arte contemporânea. O artista.
We write Art to a new level and creative relation, recently highlighted its refined methodologies of action and reception: relational, participatory, community, social, anti-marketing and cross-disciplinary. We have as raw original research the cooperation and collaboration between artists and users of the artwork in their creation processes. So there is the resizing of its foundations that are other networks of relationships and poetic powers. A new building of being an artist is put into practice in works around the post-1960 world, in the emergence of of new ways of engaged art with life in theoretical hooks that include practices such as Art-Based Communities, Socially Engaged Art, Collaborative Art and Social Practice… bytheway, we are in front of another creative and existential posture of Art, its sociability powers surprise and its places in the reality of the planet: Other ways to be an artist exposes a creative process by the reflected artistresearcher with parameters and pendulums with other artists throughout the History of Art, spurred in a web of pipelines and engaged in social work practice: artist beyond being biographically constituted. Two important works: Between missings and guerrillas and Tabebuias: experimental kitchens that drive the dissertation with descriptions of creative processes experienced by the researchers, in which the communities interfere with the final result of the works. The words of this dissertation with concepts here permeated are instruments of the dynamics of transformation in the own tradition of Art with propositional dialogic elements, community, and extremely collective. We chose the term "Social practice", assigned by Helguera to determine the works here pointed with new ranges of understanding the Art and its community power
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8487
Aparece nas coleções:PPGA - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_10484_Prática Social - Outras Formas de ser artitista 2016.pdf1.88 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.