Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8497
Título: O corpo na iconografia cristã : o retábulo de São Vicente de Sarriá (1455-1460)
Autor(es): Silva, Michele Cordeiro da
Orientador: Costa, Ricardo Luiz Silveira da
Data do documento: 13-Jul-2017
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: As formas humanas sempre foram fonte de fascínio. Figuram como a força motriz de inúmeras discussões para as ciências humanas e também para as artes plásticas. Ao longo da história, as sociedades costumeiramente produziram imagens do corpo. Estas exprimem uma forma particular de construção simbólica atrelada a um determinado contexto sociocultural. Para esta dissertação, optamos pela a análise de alguns compartimentos do Retábulo de São Vicente de Sarriá (1455-1460) produzidas no ateliê do artista catalão Jaume Huguet (1414-1492). O políptico foi produzido para a igreja paroquial de Sarriá e representam episódios da vida de São Vicente Mártir (304). O principal objetivo deste trabalho foi analisar as particularidades do conceito de corpo tal como foi estabelecido no Ocidente Cristão. As obras selecionadas foram confrontadas com os textos hagiográficos, a partir da metodologia de análise iconográfica com o intuito de verificar como a arte sacra dimensionava o corpo na representação dos santos mártires. A presente investigação parte da premissa de que o gótico tardio, já com forte influência do alvorecer da Renascença, teve alguns aspectos peculiares na região da Catalunha e que o Retábulo de São Vicente de Sarriá (1455-1460) representava um momento em que o gótico entrava em um período de transição no qual os pressupostos representacionais começaram a ser questionados.
Human forms have always been a source of fascination. They appear as the driving force of numerous discussions for the human sciences and also for the visual arts. Throughout history, societies have customarily produced images of the body. These express a particular form of symbolic construction tied to a particular sociocultural context. For this dissertation, we opted for the analysis of some compartments of the Altarpiece of Saint Vincent of Sarria (1455-1460) produced in the studio of the Catalan artist Jaume Huguet (1414-1492). The polyptych was produced for the parish church of Sarriá and represents episodes of St. Vincent Martyr’s life († 304). The main objective of this work was to analyze the particularities of the concept of body as it was established in the Christian West. The selected works were compared with the hagiographic texts, based on the methodology of iconographic analysis in order to verify how the sacred art dimensioned the body in the representation of the holy martyrs. The present investigation starts from the premise that late Gothic, with strong influence from the dawn of the Renaissance, had some peculiar aspects in the region of Catalonia and that the Altarpiece of Saint Vincent of Sarria (1455-1460) represented a moment in which the Gothic entered in a period of transition in which the representational presuppositions began to be questioned
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8497
Aparece nas coleções:PPGA - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_11172_Dissertaçao_Michel(1).pdf5.49 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.