Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8556
Título: A criança surda na educação infantil : contribuições para pensar a educação bilíngue e o atendimento educacional especializado
Título(s) alternativo(s): The deal child in early childhood education: Contributions for Thinking about Bilingual Education and Special Education Services
Enfant sourd dans l'education de la petite enfance: contributions pour aborder l'éducation bilingue et l'éducation spécialisée
Autor(es): Teixeira, Keila Cardoso
Orientador: Victor, Sonia Lopes
Palavras-chave: Educação Bilíngue
Educação Infantil
Atendimento educacional especializado
Data do documento: 29-Fev-2016
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: O presente estudo aponta para a necessidade e para a viabilidade da implantação gradual de políticas bilíngues e de educação especial, com ênfase no AEE, que se constituam por via da linguagem e da colaboração, entre os profissionais da educação especial, os demais profissionais da instituição ou escola, as instâncias administrativas locais e as famílias das crianças surdas, com vistas à apropriação do conhecimento. A partir da abordagem histórico-cultural, defendemos que a criança, enquanto sujeito sócio-histórico precisa se apropriar e desenvolver a linguagem a partir de suas necessidades, no caso da criança surda, da necessidade de adquirir e construir a língua de sinais como primeira língua. A educação inclusiva vem nos propondo alguns desafios, dentre os quais destacamos o atendimento educacional especializado (AEE), espaço presente como política pública orientada pelo Estado. A educação bilíngue ocupa hoje um lugar de destaque no debate em torno de como lidar com a diferença linguística e cultural dos surdos, servindo como bandeira de luta da comunidade surda brasileira e merecendo, portanto, nossa especial atenção. O atendimento educacional especializado, como apoio educacional, significa os atendimentos complementares e suplementares que favorecem o acesso ao currículo, podendo ser oferecidos dentro da sala de aula como ajuda ao professor e relacionado com as estratégias adotadas por ele, ou fora dela, no contraturno da escolarização, no caso, para atendimento do aluno,objetivam um trabalho pedagógico complementar necessário ao desenvolvimento de competências e habilidades próprias nos diferentes níveis de ensino e se efetivam por meio dos seguintes serviços: salas de recursos, oficinas pedagógicas de formação e capacitação profissional. Dessa forma, esta tese tem como objetivo geral analisar a apropriação do conhecimento de crianças surdas na educação infantil pela via da linguagem, tomando por referência os trabalhos realizados na sala de atividade e no atendimento educacional especializado, em um processo contínuo de colaboração entre instituição, instâncias administrativas locais e famílias. Nesse contexto, são objetivos específicos: a) descrever e discutir a proposta de educação bilíngue e do AEE para a criança surda, proposta essa que consta nas políticas educacionais nacionais e locais; b) analisar as práticas pedagógicas para a aprendizagem e o desenvolvimento de crianças surdas na educação infantil, desenvolvidas nas salas de atividades e no AEE; c) descrever os processos de aprendizagem da língua de sinais da criança surda nos diversos espaços da escola comum e do atendimento educacional especializado; e d) refletir, a partir da interação e dos diálogos com os profissionais da instituição e visando a sua inclusão escolar, sobre as instâncias administrativas locais, sobre as famílias e sobre os processos de aprendizagem da criança surda na instituição da educação infantil. Na coleta das informações necessárias para a análise preliminar, percebemos que há uma necessidade de sistematização das informações pertinentes aos grupos diversos e, neste caso, pertinentes ao sujeito surdo que é atendido no município. Portanto, faz-se necessário refletir com os profissionais da escola sobre as políticas de inclusão, sobre as políticas bilíngues, sobre os processos de apropriação da língua pela criança surda na escola da educação infantil, visando a sua inclusão escolar. Há necessidade de uma discussão mais ampla sobre a política bilíngue que tem se instaurado no Brasil e principalmente mais informações sobre o movimento surdo em prol de uma educação bilíngue e como ela se processa.Educação. A educação bilíngue ocupa hoje um lugar de destaque no debate em torno de como lidar com a diferença linguística e cultural dos surdos, servindo como bandeira de luta da comunidade surda brasileira e merecendo portanto nossa especial atenção. O atendimento educacional especializado, como apoio educacional, significa os atendimentos complementares e suplementares que favorecem o acesso ao currículo, podendo ser oferecidos dentro da sala de aula, como ajuda ao professor, relacionado com as estratégias adotadas, ou fora dela, no contraturno da escolarização, no caso para atendimento do aluno. Na forma de complementação, objetiva um trabalho pedagógico complementar necessário ao desenvolvimento de competências e habilidades próprias nos diferentes níveis de ensino, realizado no contraturno e se efetiva por meio dos seguintes serviços: salas de recursos, oficinas pedagógicas de formação e capacitação profissional. Tem com objetivo geral: analisar a apropriação do conhecimento de crianças surdas na educação infantil pela via da linguagem, tomando por referência os trabalhos realizados na sala de atividade e no atendimento educacional especializado, em um processo contínuo de colaboração entre instituição, instâncias administrativas locais e famílias. E como objetivos específicos: a) descrever e discutir a proposta de educação bilíngue e do AEE para a criança surda proposta nas políticas educacionais nacionais e local; b) analisar as práticas pedagógicas desenvolvidas nas salas de atividades e no AEE, para a aprendizagem e o desenvolvimento de crianças surdas na educação infantil; c) descrever os processos de aprendizagem da língua de sinais da criança surda nos diversos espaços da escola comum e do atendimento educacional especializado; d) refletir, a partir da interação e dos diálogos com os profissionais da instituição, as instâncias administrativas locais e as famílias, sobre os processos de aprendizagem da criança surda na instituição da educação infantil, visando a sua inclusão escolar. Na coleta das informações necessárias para a análise preliminar, percebemos que há uma necessidade de sistematização das informações pertinentes aos grupos diversos e neste caso do sujeito surdo que é atendido no município. Refletir com os profissionais da escola sobre as políticas de inclusão, as políticas bilíngues, os processos de apropriação da língua pela criança surda na escola da educação infantil, visando a sua inclusão escolar. A necessidade de uma discussão mais ampla sobre a política bilíngue que tem se instaurado no Brasil e principalmente mais informações sobre o movimento surdo em prol de uma educação bilíngue e como ela se processa.
This study points out the need and the viability of the gradual implantation of bilingual and special education policies, with an emphasis on special education services (SES), that are constituted through language and collaboration among special education professionals, other professionals at the institution or school, local authorities and the families of deaf children, with the objective of appropriating knowledge. Through a historical-cultural approach, we defend that the child, as a sociohistorical subject, needs to appropriate and develop language based on his or her necessities, and in the case of the deaf child, the need to acquire and construct sign language as a first language. Inclusive education has proposed certain challenges, such as special education services (SES), which are present in the guidelines of public policies of the Brazilian Ministry of Education. Bilingual education holds a place of distinction today in the debate around how to deal with the linguistic and cultural differences of deaf people, serving as a banner to fight for in the Brazilian deaf community and thus deserving of our special attention. Special education services, such as educational support, mean complementary and supplementary services that favor access to the school curriculum and can be offered within the classroom, as assistance for the teacher in relating to the strategies chosen, or outside of it, in student services during afterschool hours. In its complementary form, its objective is additional pedagogical work needed for the development of the competencies and skills of the different levels of teaching, carried out during afterschool hours and through the following services: resource rooms, pedagogical workshops for vocational and professional training. Our study’s general objective is to analyze, through language, the knowledge appropriation of deaf children in early childhood education, having as a reference the work carried out in the activity room and in the special education services, in a continual process of collaboration among institution, local authorities and families. This study also has the following specific objectives: a) to describe and discuss the proposal of bilingual education and SES proposed by local and national educational policies; b) to analyze the pedagogical practices developed for the learning and development of deaf children in early childhood education and carried out in activity rooms and in SES; c) to describe the deaf child’s processes of learning sign language in the different spaces of the common school and of the special education services; d) to reflect, based on the interaction and dialogue with the institutional professionals, the local authorities and the families, on the deaf child’s processes of learning in the early childhood learning institution, with the objective of the child’s inclusion in the school. In the collection of the necessary information for the preliminary analysis, we realized that there is a need to systematize information pertinent to the different groups and, in this case, to the deaf subject that is assisted by the municipality. This work has the objective of school inclusion through reflection with school professionals about policies of inclusion, bilingual policies, and the processes of language appropriation by the deaf child in an early childhood education facility. There is need for a broader discussion about the bilingualism that has been established in Brazil, and mainly for more information about the deaf movement in favor of bilingual education and how it is processed.
Cette étude souligne la nécessité et la faisabilité de la mise en œuvre progressive des politiques bilingues et l'éducation spéciale, en mettant l'accent sur l'ESA, qui peuvent être constitués par des moyens de la langue et de la collaboration entre les professionnels de l'éducation spéciale, autre institution professionnelle ou à l'école , les autorités administratives locales et les familles des enfants sourds en vue de l'appropriation des connaissances. De l'approche historico-culturel, nous soutenons que l'enfant comme un besoin socio-historique sous réserve de prendre en charge et développer la langue de vos besoins, dans le cas des enfants sourds, la nécessité d'acheter et de construire la langue des signes comme langue maternelle. L'éducation inclusive est de proposer des défis, parmi lesquels nous soulignons l'espace services éducatifs spécialisés (ESA) qui présentent les lignes directrices politiques publiques par le ministère de l'Education. L'éducation bilingue occupe désormais une place importante dans le débat sur la façon de traiter avec des différences linguistiques et culturelles des sourds, servant de drapeau de bataille de la communauté des sourds du Brésil et méritent donc toute notre attention. Les services éducatifs spécialisés, tels que le soutien de l'éducation, on entend les appels complémentaires et supplémentaires qui favorisent l'accès au programme peuvent être offertes dans la salle de classe comme une aide à l'enseignant, en rapport avec les stratégies adoptées, ou à l'extérieur, l'école de contraturno dans le cas d'appeler l'étudiant. En supplément, un travail pédagogique objectif supplémentaire nécessaire pour développer les compétences et les compétences propres, à différents niveaux d'éducation, tenue à contraturno et efficace grâce aux services suivants: salles de ressources, des ateliers éducatifs de l'éducation et de la formation professionnelle. A des fins générales: d'analyser l'appropriation des connaissances des enfants sourds dans l'éducation de la petite enfance au moyen du langage, en référence aux travaux menés dans la salle d'activités et de services éducatifs spécialisés dans un processus continu de collaboration entre les institutions, organes administratifs locaux et familles. Et les objectifs suivants: a) de décrire et de discuter de la proposition de l'enseignement bilingue et de l'EEE pour la proposition enfant sourd dans les politiques éducatives nationales et locales; b) d'analyser les pratiques pédagogiques développées dans des salles d'activités et de l'ESA, pour l'apprentissage et le développement des enfants sourds dans l'éducation de la petite enfance; c) décrire les processus d'apprentissage de la langue des signes sourds des enfants dans les différents espaces de l'école publique et les services d'éducation spécialisée; d) reflètent, de l'interaction et le dialogue avec les professionnels de l'établissement, des autorités administratives locales et les familles sur les processus d'apprentissage de l'enfant sourd dans l'institution de l'éducation de la petite enfance, en vue de leur intégration scolaire. En rassemblant les informations nécessaires à l'analyse préliminaire, nous avons réalisé qu'il ya une nécessité de systématiser les informations pertinentes à divers groupes et dans ce cas le sujet sourd qui est desservi dans la ville. Réfléchir avec les professionnels de l'école sur les politiques d'inclusion, les politiques bilingues, processus d'appropriation de la langue des enfants sourds de l'école de l'éducation de la petite enfance, en vue de leur intégration scolaire. La nécessité d'une discussion plus large de la politique de bilinguisme a été mis en place au Brésil et surtout plus d'informations sur le mouvement des sourds en faveur de l'enseignement bilingue et comment elle est traitée.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8556
Aparece nas coleções:PPGE - Teses de doutorado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_9619_KEILA CARDOSO TEIXEIRA.pdf3.71 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.