Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8569
Título: Interfaces da educação de jovens e adultos e educação especial : o direito em análise
Autor(es): Botti, Flavya Herzog Adamkosky
Orientador: Oliveira, Edna Castro de
Palavras-chave: Educação de Jovens e Adultos
Data do documento: 18-Jul-2016
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: O estudo tem como objetivo analisar como se configuram as interfaces da Educação de Jovens e Adultos (EJA) e da Educação Especial (EE) nas escolas da rede estadual de ensino do município de Colatina-ES no que se refere à efetivação do direito à educação. Tomamos como referências básicas para a discussão os preceitos constitucionais da educação como direito social, as formulações teóricas no campo das políticas educacionais para as modalidades da educação de jovens e adultos e educação especial partindo da concepção de educação como um direito humano fundamental e como aprendizagem ao longo da vida. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, tendo como estratégia o estudo de caso realizado por meio de análise documental, observação participante, diário de campo, aplicação de questionários e de levantamento de dados no Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Considerando os dados do total da população do município com deficiência, o número de matrículas de estudantes público-alvo da EE na EJA é ínfimo, observa-se que os educandos não estão matriculados nas escolas estaduais de educação básica, mas no Centro de Educação Estadual de Jovens e Adultos (CEEJA). De forma surpreendente, o processo da pesquisa revela que as interfaces da EJA e EE vêm sendo produzidas pelo protagonismo dos sujeitos e não pela política implementada, sendo assim, os sujeitos com suas diferentes vivências e saberes são os responsáveis por inverter a lógica da oferta da EJA no CEEJA. Ainda na análise da documentação da Secretaria Estadual de Educação do ES constatamos que existem lacunas na definição das políticas públicas educacionais para os sujeitos, o que nos leva à constatação de que o reconhecimento das modalidades da EJA e da EE como um direito ainda não se materializou como efetivação real no contexto político educacional brasileiro.
The study aims to analize how the interfaces of Youth and Adults Education (EJA) and Special Education (EE) are set in schools of the state education network of Colatina-ES in relation to the realization of education rights. We take as basic reference to the discussion the education constitutional norms as a social right, the theoretical formulations in the field of educational politcs to the models of education to youth and adults and special education starting from the concept of education as a fundamental human right and learning throughout life. This is a qualitative research, using as strategy the case study realized through documental analyses, participant observation, field diary, surveys and data collection in the Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE). Considering the data of the city's disabled total population, the number of registrations of target students in EE and EJA is negligible, it's observed that the students are not enrolled in the state network basic schools, but are in the Youth and Adults State Education Center (CEEJA). Surprisingly, the research process reveals that the interfaces of EE and EJA are being produced by the subjects leaderships and not by the implemented politics, therefore, the subjects with different experiences and knowledge are responsible for reversing the EJA supply perspective in CEEJA. Analyzing the documentation of the State Education Department of ES it has been determined that there are gaps in the definition of educational public policts to the subjects, what leads to confirmation that the recognition of EE and EJA formats as a right hasn't yet been materialized as a true realization in the brazilian political education context.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8569
Aparece nas coleções:PPGE - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_10009_DissertaçãoFlavyaHerzogAdamkoskyBotti.pdf2.09 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.