Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8597
Título: Tensões e contradições na implementação do Proeja : hegemonia e contra-hegemonia no contexto do projeto neoliberal e neodesenvolvimentista
Autor(es): Silva, Miguel Vinicius Teixeira da
Orientador: Lima, Marcelo
Palavras-chave: PROEJA
Projeto neoliberal
Neodesenvolvimentismo
Desenvolvimento- Educação
Data do documento: 26-Jul-2016
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Este trabalho remete a um estudo acerca da implementação e institucionalização do PROEJA no Instituto Federal do Espírito Santo. Nesse sentido, busca problematizar as tensões e contradições que envolvem o processo de criação e implementação do PROEJA na rede federal, tendo em vista o papel do Estado na oferta de escolarização e de profissionalização. A pesquisa analisa a gênese do programa no governo Lula e sua continuidade no governo Dilma. Para tanto, a análise é, sobretudo política, tendo em vista o projeto neoliberal e neodesenvolvimentista. Com o intuito de propor uma discussão do objeto com base no Materialismo Histórico Dialético, entende-se que no seio da temática encontram-se inúmeras contradições baseado na relação dialética capital x trabalho. Dessa forma, realiza uma discussão do PROEJA em sua historicidade no IFES, tendo sua base legal como ponto de partida. A proposta metodológica é de natureza qualitativa, tendo o materialismo Histórico Dialético como princípio norteador, objetivando uma percepção marxista do problema. Assim, opta-se por três caminhos de análise: de forma inicial, a análise da documentação institucional do programa que inclui o marco legal e documentos relativos à sua implementação. O segundo caminho remete a uma pesquisa bibliográfica dos recentes trabalhos realizados acerca da temática. No terceiro caminho a ida a campo realiza-se entrevistas em profundidade com os sujeitos e gestores do PROEJA. Os resultados apontam para um programa que se constitui enquanto força contra-hegemônica no Instituto Federal do Espírito Santo, tendo em vista a tradição do trabalho em sua cultura escolar caracteriza-se por práticas seletivas meritocráticas e não inclusivas. Este contexto reflete diretamente na oferta escolar revelando de tensões e contradições o PROEJA.
This work sends to a study about the implementation and institucionalização of the PROEJA in the Federal Institute of the Holy Spirit. In this sense, search problematizar the tensions and contradictions that wrap the process of creation and implementation of the PROEJA in the federal net, having in mind the paper of the State in the schooling offer and of profissionalização. The inquiry analyses the origin of the program in the government Squid and his continuity in the government Dilma. For so much, the analysis is, especially politics, having in mind the project neoliberal and neodesenvolvimentista. With the intention of proposing a discussion of the object on basis of the Dialectic Historical Materialism, one understands himself what in the heart of the theme are countless contradictions when capital was based on the dialectic relation x I work. In this form, it carries out a discussion of the PROEJA in his historicidade in the IFES, taking his legal base as a starting point. The proposal metodológica is of qualitative nature, taking the Dialectic Historical Materialism as a beginning norteador, aiming at a Marxist perception of the problem. So, one chooses by three analysis ways: in the initial form, the analysis of the institutional documentation of the program that includes the legal landmark and documents relative to his implementation. The second way sends to a bibliographical inquiry of the recent works carried out about the theme. In the third way the going to field happens interviews in depth with the subjects and gestores of the PROEJA. The results point to a program that is while it forces - hegemônica in the Federal Institute of the Holy Spirit, having in mind the tradition of the work in his school culture it is characterized for practical selective meritocráticas and not included. This context thinks straightly about the school offer revealing of tensions and contradictions the PROEJA.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8597
Aparece nas coleções:PPGE - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_10615_DISSERTAÇÃO VERSÃO FINAL_PPGE.pdf1.31 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.