Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8599
Título: Atendimento educacional especializado à criança com baixa visão de zero a três anos na educação infantil
Autor(es): Santos, Laís Carla Simeão da Silva
Orientador: Victor, Sonia Lopes
Palavras-chave: Educação infantil
Atendimento educacional especializado
Intervenção precoce
Data do documento: 29-Jul-2016
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: A pesquisa analisou o atendimento educacional especializado no contexto da Educação Infantil para criança de zero a três anos com baixa visão. Os objetivos específicos foram: analisar o atendimento educacional especializado na política municipal de Vitória à criança com baixa visão na faixa etária de zero a três anos, no que corresponde à proposta curricular para essa faixa etária na Educação Infantil e; descrever o atendimento educacional especializado à criança com baixa visão em interface com o trabalho pedagógico desenvolvido na sala de atividades. Para tanto, desenvolvemos uma pesquisa exploratória qualitativa, tendo como instrumentos metodológicos: a observação, o diário de campo e a entrevista semiestruturada. Fundamentamos a temática investigada nos pressupostos da abordagem histórico-cultural, principalmente nos estudos de Vigotski. O local de realização da pesquisa foi uma instituição de Educação Infantil de um município da Região Metropolitana da Grande Vitória/ES. Os sujeitos da pesquisa foram os irmãos com baixa visão, João e Paulo, as professoras regentes das suas respectivas salas de atividades, a professora de educação especial, a mãe, os gestores de educação especial, a pedagoga e a diretora da referida instituição e o coordenador das ações do tempo integral na Educação Infantil. Organizamos os dados em quatro categorias de análise, a saber: 1) o atendimento educacional especializado de acordo com a política municipal de Vitória: um olhar para a criança com baixa visão; 2) o trabalho educativo proposto pelo CMEI Olhares: representações dos documentos institucionais; 3) a inclusão e deficiência visual: percepção e sentidos refletidos pelos professores e gestores do CMEI Olhares; 4) O atendimento educacional especializado e a inclusão da criança com baixa visão no CMEI Olhares. Analisamos os dados assentados na perspectiva do método marxista. Os resultados obtidos indicaram que para realizar o atendimento educacional especializado de uma criança com baixa visão de zero a três anos no espaço da Educação Infantil é necessário, ainda, que se discuta sobre as concepções curriculares indicadas para esta faixa etária, as suas peculiaridades, a prática indissociável do binômio cuidar versus educar, a proposta de atendimento para a sala comum e para a sala de recursos. Sobre o atendimento a essa criança com baixa visão, a pesquisa apontou que ainda é preciso pensar uma prática educativa que promova o desenvolvimento global dessa criança e problematize a intervenção precoce fundamentada ainda em uma proposta de estimulação precoce.
The research analyzed the educational service specialized in the context of Early Childhood Education for children from zero to three years with low vision. The specific objectives were: to analyze the educational service specialized in the municipal policy of Vitória to the child with low vision in the age group from zero to three years, in what corresponds to the curricular proposal for this age group in Childhood Education; To describe the specialized educational service to the child with low vision in interface with the pedagogical work developed in the activity room. For that, we developed a qualitative exploratory research, having as methodological instruments: observation, field diary and semi-structured interview. We base the thematic investigated in the assumptions of the historical-cultural approach, mainly in the studies of Vygotsky. The research site was an Infant Education institution of a municipality in the Greater Vitória / ES Metropolitan Region. The subjects of the research were the siblings with low vision, João and Paulo, the regent teachers of their respective rooms of activities, the special education teacher, the mother, the special education managers, the pedagogue and the director of that institution and the Coordinator of full-time actions in Early Childhood Education. We organized the data in four categories of analysis, namely: 1) the specialized educational service according to the municipal policy of Vitoria: a look at the child with low vision; 2) the educational work proposed by the CMEI "Olhares": representations of institutional documents; 3) inclusion and visual impairment: perception and meanings reflected by the teachers and managers of the CMEI "Olhares"; 4) The specialized educational service and the inclusion of the child with low vision in the CMEI "Olhares". We analyze the data based on the perspective of the Marxist method. The results indicated that in order to carry out the specialized educational service of a child with a low vision of zero to three years in the area of Early Childhood Education, it is also necessary to discuss the curricular conceptions indicated for this age group, its peculiarities, Practice inseparable from the binomial care versus education, the proposal of care for the common room and the resource room. Regarding the care of this child with low vision, the research pointed out that it is still necessary to think about an educational practice that promotes the overall development of this child and problematizes the early intervention based on a proposal for early stimulation.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8599
Aparece nas coleções:PPGE - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_10871_DISSERTAÇÃO LAÍS SIMEÃO OFICIAL FEV 2017.pdf2.2 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.