Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8609
Título: Surdo que é professor: formação por meio da filosofia e da constituição de um espaço pedagógico
Autor(es): Penha, Nilma Moreira da
Orientador: Vieira-Machado, Lucyenne Matos da Costa
Data do documento: 5-Mai-2017
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: O questionamento que mobilizou essa pesquisa foi: Quais são os efeitos dos atravessamentos da Experiência-Surdez nas práticas docentes do Surdo que é Professor? É o fio condutor deste trabalho que traz uma discussão sobre a formação docente do Surdo que é Professor, por meio da experiência do Ser surdo no exercício da docência na grade de inteligibilidade da inclusão. Sendo assim, o objetivo principal do estudo foi compreender a formação do Surdo que é Professor através das reflexões filosóficas nas rodas de conversa para que seja possível a constituição do espaço pedagógico como práticas na relação docente-discente. A pesquisa foi realizada no Munícipio de Vitória, em parceria com a divisão de educação especial da Secretaria de Educação deste município com o Grupo Interinstitucional de Pesquisas em Libras e Educação de Surdos (GIPLES) para a criação de um projeto de extensão que visou à formação desses professores. Lançamos mão das Rodas de conversas como procedimento metodológico tendo como inspiração teórica - metodológica as discussões foucaultianas, junto a outros autores, utilizando os conceitos-ferramentas Experiência de Si e Tecnologias do Eu para análise dos dados produzidos no decorrer da pesquisa. E por fim concluímos que por meio da experiência de si, os surdos que são professores ressignificam suas práticas docentes potencializando o atravessamento do ser surdo neste processo.
The question that mobilized this research was: What are the effects of the Experiment-Deafness crossings in the teaching practices of the Deaf teacher? It is the guiding thread of this work that brings a discussion about the teacher formation of the Deaf who is Teacher, through the experience of the deaf Being in the exercise of teaching in the grid of intelligibility of inclusion. Thus, the main objective of the study was to understand the formation of the Deaf who is Professor through the philosophical reflections in the conversation wheels so that it is possible the constitution of the pedagogical space as practices in the teacher-student relationship. The research was carried out in the Municipality of Vitória, in partnership with the special education division of the Education Department of this municipality with the Interinstitutional Group of Researches in Pounds and Education of the Deaf (GIPLES) for the creation of an extension project that aimed at the formation Of these teachers. We used the "Wheels of Conversations" as a methodological procedure, taking as theoretical and methodological inspiration the Foucaultian discussions, along with other authors, using the 'Experience of Self' and ' Technologies of the Self' tools concepts to analyze the data produced during the search. And finally we conclude that through the experience of self, the deaf who are teachers re-signify their teaching practices, enhancing the crossing of being deaf in this process.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8609
Aparece nas coleções:PPGE - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_11306_Dissertação. Nilma.Moreira.Penha. final.pdf1.52 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.