Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8744
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorFaleiros, Rogério Naques-
dc.date.accessioned2018-08-01T23:38:29Z-
dc.date.available2018-08-01-
dc.date.available2018-08-01T23:38:29Z-
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/8744-
dc.publisherUniversidade Federal do Espírito Santopor
dc.subjectNovo padrão exportador de especialização produtivapor
dc.subjectDependênciapor
dc.subjectEconomia Brasileirapor
dc.subjectBNDES-
dc.subjectOrçamento de Investimento da Uniãopor
dc.subjectNew pattern of productive specialization of their exportseng
dc.subjectDependencyeng
dc.subjectBrazilian economyeng
dc.subjectFederal Government investments througheng
dc.titleO Brasil nos marcos do novo padrão exportador de especialização produtiva : uma verificação a partir dos dados de financiamento do BNDES e do orçamento de investimento da União no período de 2003 a 2014por
dc.typemasterThesisen
dc.subject.udc32-
dc.subject.br-rjbnBanco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (Brasil)por
dc.subject.br-rjbnEconomia - Brasilpor
dc.subject.br-rjbnFinanciamentopor
dcterms.abstractO objetivo do trabalho é apresentar os dados de financiamentos do BNDES para a economia brasileira nos anos de 2003 a 2014, bem como os dados dos Investimentos da União neste período por meio de seu Orçamento, como uma forma de verificar e refletir o Brasil nos marcos do Novo padrão exportador de especialização produtiva. Os dados apresentados e a constatação da predominância de setores de baixa intensidade tecnológica reforçam a noção defendida por Jaime Osório de que o Brasil e a América Latina em seu conjunto vivem aquilo que ele caracteriza como o Novo padrão exportador de especialização produtiva, no qual os eixos exportadores constituem, em geral, segmentos de grandes cadeias produtivas globais sob a direção de empresas transnacionais. (Osório, 2009), sendo um padrão de reprodução do capital que marca a região da década de 70 em diante, após um período de industrialização como um projeto de maior autonomia. Tal noção defendida por Jaime localiza melhor a caracterização do Brasil em termos econômicos no período (2003 a 2014) e avança na compreensão do país nos termos da preservação de sua condição de dependência. Desta forma, o Novo padrão exportador de especialização produtiva oferece um enquadramento mais preciso deste período que fora denominado por alguns autores como um período pós- neoliberal ou neo-desenvolvimentista. No primeiro capítulo fazemos o debate teórico à luz do referencial proposto por Osório, qual seja, o Novo padrão exportador de especialização produtiva. A partir da noção do padrão de reprodução do capital localizamos o Brasil nos termos da dependência, ressaltando seu passado colonial e o caráter exógeno de sua economia que perpassa os cinco séculos de sua história revelada. Debatemos também termos como a superexploração do trabalho como elemento estruturante do país, a oligarquização do Estado brasileiro, bem como outros aspectos que ajudam a localizar o papel subordinado do país na divisão internacional do trabalho. No segundo capítulo apresentamos aspectos da economia brasileira no período estudado (2003 a 2014). No plano internacional, identificamos a China como um vetor de crescimento da economia mundial que influencia o crescimento de economias latino- americanas e no que se refere à economia brasileira a caracterizamos em três períodos distintos: Um primeiro, de 2003 a 2007, marcado pela retomada do crescimento econômico; O segundo, de 2008 a 2010, marcado por um período de resposta à crise mundial manifestada a partir dos Estados Unidos no ano de 2008 e um terceiro, de 2011 a 2014, marcado por um período em que Singer (2015) identifica a existência do que chama de um ensaio desenvolvimentista. No terceiro capítulo, apresentamos os dados do BNDES e do Orçamento de Investimento da União no período estudado a partir da mesma periodização utilizada para analisar a economia brasileira, qual seja, 2003 a 2007; 2008 a 2010 e 2011 a 2014. Em termos gerais, o que identificamos é, em se tratando dos financiamentos do BNDES, uma predominância da área de Infra-estrutura e insumos básicos e uma participação menos expressiva da área industrial. E no que se refere aos investimentos da União uma predominância absoluta do setor de energia, que representou aproximadamente 90% do recurso investido em todo período. Por fim, concluímos que o Brasil preserva seu caráter dependente e que para traçar um caminho de superação dessa condição subordinada deverá reorientar o caráter exógeno de sua economia para um modelo autóctone que parta dos anseios de seu povo.por
dcterms.abstractThis work presents the financial support given by BNDES to Brazilian economy in the period of 2003-2014. It also, using data research, shows the Federal Government investments through the same years. These data and an evaluation that low-tech sectors prevails over Brazil and other Latin America Countries reinforce Jaime Osório s ‟ notion that these countries experience a new pattern of productive specialization of their exports. In this new model ” the exports axis constitutes, in general, sectors of global productive chain under the direction of transnational enterprises.” (Osório, 2009). This pattern of capital reproduction is the predominant in the region since the 70 s, an ‟ epoch of industrialization with a degree of autonomy. Osório s notion characterizes ‟ better Brazil s economic condition between 2003-2014 and advances in the comprehension ‟ of the country in terms of the preservation of its dependency condition. In this way, the New Export Pattern of productive specialization offers a more precise picture of this period, one that was called “post-neoliberal” or “neo-developmentist”. In the first chapter we debate Osórios theoretical propositions, that is, the New Export Pattern of productive specialization. Taking the notion of the pattern of capital s reproduction ‟ we locate Brazil in the terms of its dependency, highlighting the colonial past and the exogenous character of Brazilian economy that passes by five centuries of its revealed history. We also debate concepts like „super-exploition of workforce as an ‟ structuring element of the country, the oligarchyzation of Brazilian State, as well others aspects that help to locate the subordinated role of the country under the international labor s‟ division. In the second chapter we present aspects of Brazilian economy in the analized period (2003-2014). In the international arena, we identify China as a vector of global economy s growth that influences Latin America s growth. In relation to Brazilian ‟ ‟ economy, three distinct periods are identified: one (2003-2007), marked by an economic growth recovery; another (2008-2010), identified as a response to US 2008 economic crisis, and a third (2001-2014), marked by a period that Singer (2015) calls “development essay”. In the third chapter, we present the data of BNDES and the Invest Budget of Federal Government for these three periods (2003-2007; 2008-2010; 2011- 2014). In general terms, we identify that, analyzing BNDES data, infrastructure investments and basic basic material prevails over industrial inputs. In relation to the Federal Government s investments, 90% of it was put in the energy sector between ‟ 2003-2014. In the end, we conclude that Brail preserves its dependent character. To overcome this subordinated condition the country should reorient its development pattern, introducing an autochthonous model that derives from its people needs.eng
dcterms.creatorMagalhães, Sammer Dahir Siman-
dcterms.formattextpor
dcterms.issued2016-12-16-
dcterms.languagepor-
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Política Socialpor
dc.publisher.initialsUFESpor
dc.subject.cnpqServiço Social-
dc.publisher.courseMestrado em Política Socialpor
dc.contributor.refereeSampaio, Daniel Pereira-
dc.contributor.refereeMota, Fernando Cezar de Macedo-
Aparece nas coleções:PPGPS - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Dissertacao Final_ Sammer Siman.pdf1.09 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.