Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8755
Título: A influência do Banco Mundial sobre as reformas da previdência social brasileira : causas e consequências
Autor(es): Magioni, Mirella Januário
Orientador: Mendonça, Luiz Jorge Vasconcellos Pessôa de
Data do documento: 14-Ago-2013
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Analisa a influência do Banco Mundial nas reformas da previdência social brasileira e identifica de que forma essa influência foi importante para a configuração da referida política. Para tanto, utiliza como método a pesquisa documental. Os dados foram coletados, a partir dos documentos publicados pelo Banco Mundial nas décadas de 1990 e 2000, referentes às reformas da previdência social brasileira e dos documentos publicados sobre as políticas sociais de uma forma geral. Para a análise documental, utiliza de critérios que contemplam a trajetória de aproximação do Banco Mundial com a política de previdência social, bem como, as mudanças ocorridas em razão das novas exigências impostas pela dinâmica econômica e social. Concluí que a influência do Banco Mundial nas reformas da previdência social do Brasil só tem sentido se cruzarmos a trajetória singular do Brasil nesse processo com as mudanças identificadas no caminho do Banco Mundial que necessitou recrutar novos instrumentos e adotar uma nova posição. Assim, percebese que tal influência foi construída na medida das limitações sociais e econômicas do Brasil que por sua vez requereu do Banco Mundial uma posição baseada na criação de consensos que admitia uma reforma de forma mais gradual no país.
This paper aims to analyze the influence of the World Bank in the Brazilian Social Security reform, identifying how this influence was important to shape this policy. For that, the method we used was the documentary research. Data were collected from the documents published by the World Bank in the 1990's and the 2000's, all related to the Social Security reform in Brazil and also the documents which deal with the World Bank's position on the social policies for developing countries. For the document analysis, it were used criteria which included the approach path of the World Bank to the Social Security policy, as well as the changes in this path caused by the new requirements imposed by the social and economic dynamics. We concluded the influence of World Bank in the Brazilian Social Security reforms only makes sense if we cross Brazil's singular trajectory in this process with all the identified changes in the path of the Bank, which needed to choose new instruments and adopt a new position. Therefore, we realized this influence was built as required by the social and economic limitations of Brazil to reform Social Security, which in turn requested from the World Bank a position based on consensus building, which admitted a more gradually paced reform in the country.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8755
Aparece nas coleções:PPGPS - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_6727_Mirella J. Magioni.pdf2.04 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.